Publicidade
Manaus
Manaus

Famílias atingidas por incêndio desejam voltar para a comunidade Arthur Bernardes

As famílias que continuam abrigadas no Ginásio Ninimberg Guerra, localizado no mesmo bairro, refletem o desejo de voltar a morar no local da tragédia e reconstruir a vida 29/11/2012 às 22:36
Show 1
Vítimas do incêndio desejam voltar a morar no local da tragédia
Camila Pereira Manaus (AM)

Famílias que foram vítimas do incêndio que atingiu a Comunidade Arthur Bernardes, no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, na última terça-feira (27), e que continuam abrigadas no Ginásio Ninimberg Guerra, localizado no mesmo bairro, refletem o desejo de voltar a morar no local da tragédia e reconstruir a vida.

É esta a situação da dona de casa Cláudia dos Santos que morava com sua família no local. "Nós tínhamos o nosso espaço. A esperança maior é na indenização, mas se não tiver, eu vou voltar pra lá. Nem que seja debaixo de lonas", afirmou.

De acordo com o líder da comunidade, Leonardo Farias, muitas pessoas ainda não foram contempladas ou orientadas a respeito do aluguel social e outras assistências. "A pressão maior das autoridades é para desarticular a situação, dispersar o povo, mas a nossa comunidade é unida e vamos lutar por aquele espaço. Não vamos abrir mão", defendeu.

O balanceador Robson Ferreira afirmou que seria "melhor voltar para a comunidade e reconstruir tudo que ir para outro abrigo com as duas crianças pequenas".

Na última terça-feira (27), quando 22 famílias estiveram no abrigo, a titular da Secretaria de Estado de Assistência Social, Regina Fernandes, informou que todos receberão assistência. "As pessoas não deixarão de ser atendidas. Iremos estudar caso a caso", afirmou, na ocasião.