Publicidade
Manaus
Manaus

Feirantes denunciam parada e negócio ilegal de contêiner na Manaus Moderna

Baú negocia venda de gelo sem autorização do sindicato dos trabalhadores da feira e com uso de energia clandestina. Autorização teria sido dada pelo Secretário Municipal de Produção e Abastecimento 20/11/2012 às 14:20
Show 1
Conteiner ( imagem azul) estacionado sobre a calçada da feira próximo à entrada e sob a caixa d´água do comércio
acritica.com ---

O presidente do Sindicato dos Feirantes da Manaus Moderna, David Lima da Silva, denunciou nesta terça-feira (14), a venda de gelo que vem sendo realizada por um contêiner estacionado “ilegalmente” desde a última quinta-feira sobre uma das calçadas da feira. O caso foi relatado por David ao prefeito interino Massami Miki (PSL) que garantiu repassar a irregularidade ao prefeito Amazonino Mendes (PDT), após deixar a função, nesta quarta-feira (21).

O prefeito fazia visita à feira para verificar a questão de ajustamento de conduta quando foi abordado por David. De acordo com o presidente do Sindicato dos feirantes, o contêiner foi colocado no local na noite de quinta-feira (15), em cima da calçada e vem fazendo uso clandestino de energia, conseguida por meio de “gato”. Segundo David, o administrador da feira informou que “a autorização foi dada por escrito pelo secretário da Sempab (Secretária Municipal de Produção e Abastecimento)". A Sempab é dirigida atualmente por José Rogério Vasconcellos de Araújo.  

De acordo com David, a instalação do contêiner no local é um “abuso” contra feirantes que tentam se organizar e gerir a feira da melhor forma possível. Segundo ele, a instalação do contêiner constitui uma afronta ao artigo 8 da Lei 123/2004, que rege as diretrizes dos mercados e feiras. Pela lei, qualquer nova instalação de boxes de vendas, interna, ou externa, na feira, é necessária a autorização de 51% dos associados. Segundo o presidente, não é a primeira vez que isso acontece e desabafa “a prefeitura não faz nada”.  

Estranho

O prefeito em exercício, vereador Massami Miki (PSL) disse achou estranho a colocação do baú sobre a calçada, após ter sido abordado e informado sobre a situação pelo presidente dos feirantes. Embora não saiba de quem partiu a autorização para a instalação do contêiner no local, o prefeito disse que, antes de entregar o mandato, iria se informar sobre o assunto com o Secretário Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab) nesta quarta-feira (14).  

De acordo com o prefeito, uma das informações era de que  o contêiner pertencia a um comerciante de pré-nome ‘Doriel”, dono de uma fábrica de gelo no Conjunto Campus Elíseos, Zona Centro-Oeste.  Ele acrescentou que entregará ao prefeito Amazonino Mendes um relatório de todas as suas ações e dos fatos que deixou encaminhado junto à população neste curto período de gestão.

O portal acritica.com tentou falar com secretário da Sempab, mas o número  88 42 XX XX estava desligado.