Publicidade
Manaus
Manaus

Filho presencia o pai ser morto com 37 facadas na Zona Norte de Manaus

Filho da vítima presenciou a ação dos criminosos. De acordo com familiares, o crime ocorreu por volta das 21h deste domingo (22). Duas mulheres foram identificadas como as principais suspeitas de terem cometido o assassinato 23/07/2012 às 17:06
Show 1
Corpo da vítima aguarda liberação do IML
Thiago Gonçalves e Thiago Monteiro Manaus (AM)

Com pelo menos trinta e sete golpes de faca pelo pescoço, tórax e cabeça. Assim, o ajudante de pedreiro Sérgio Ronaldo do Carmo Soares, 40 anos, foi morto na frente do próprio filho, no quarto do apartamento onde morava com a criança e a sua esposa, na Rua Nelson Bezerra, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

De acordo com familiares, o crime ocorreu por volta das 21h deste domingo (22). Duas mulheres foram identificadas como as principais suspeitas de terem cometido o assassinato. A dupla teria ameaçado a vítima de morte, em outra ocasião, por causa de dinheiro para o consumo de entorpecentes.

A companheira da vítima, a auxiliar de serviços gerais, Arleide Soares, 32 anos, disse que há dias atrás as mulheres já haviam tentado matar o seu marido, e conseguiram. “A Lúcia e a Pâmela tentaram matar ele uma vez anterior por ter negado dar dinheiro pra elas. Agora elas conseguiram e ainda levaram cartão de crédito e uma botija de gás”, contou. A mulher afirmou que estava trabalhando, e quando chegou foi surpreendida com a morte do esposo. "Eu cheguei do trabalho e levei um susto quando vi o que tinha acontecido", lamentou.

Arleide contou que o filho do casal estava em casa e assistiu ao crime praticado contra o pai. "O nosso filho viu tudo".

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso. Peritos do Instituto Médico Legal (IML) registraram as 37 perfurações pelo corpo da vítima, que aguarda liberação.

Na manhã desta segunda-feira( 23), a polícia identificou duas mulheres e um homem que podem ser os autores do crime.