Publicidade
Manaus
Manaus

Fiscais do Ipem reprovam 1.250 brinquedos em lojas de Manaus

O órgão notificou três empresas e reprovou 1.250 unidades de brinquedos, sendo eles bolas de silicone com minilâmpadas de led‘s, carrinhos e bonecas sem certificação do produto 12/10/2012 às 10:37
Show 1
Márcio André Brito, comandou a operação 'Dia das Crianças'
A Crítica Manaus (AM)

A “Operação Dia das Crianças”, realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), na semana passada, fiscalizou 331 estabelecimentos comerciais que vendem artigos infantis e inspecionou 91.145 produtos.

O órgão notificou três empresas e reprovou 1.250 unidades de brinquedos, sendo eles bolas de silicone com minilâmpadas de led‘s, carrinhos e bonecas sem certificação do produto.

Os proprietários dos estabelecimentos notificados receberam um prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao órgão. A multa pode chegar até R$ 120 mil  dependendo do grau de reincidência e porte da empresa.

Para o diretor-presidente do Ipem-AM, engenheiro Márcio André Brito, a fiscalização, especialmente de brinquedos, tem o intuito de proporciona mais segurança aos pais e aos consumidores no geral que fazem a aquisição desses produtos para as crianças. “Na hora de adquirir um brinquedo, é importante que os pais verifiquem se o produto possui o selo do Inmetro, se as informações sobre o brinquedo estão em português e se existe a indicação da faixa etária para a criança”, aconselhou o titular do Ipem-AM.

Em 2011, de acordo com  o órgão, foram fiscalizados 300 estabelecimentos. As inspeções ocorrem periodicamente na capital e no interior.