Publicidade
Manaus
Manaus

Foragido da Justiça do Pará procura emprego em Manaus, mas acaba preso pela polícia

Suspeito de esfaquear e matar homem em julho de 2013, Valdinelson da Silva Pimentel, 20, tinha mandado de prisão expedido contra ele. Após cometer o crime, o suspeito viajou para o Amazonas 07/08/2014 às 11:10
Show 1
Valdinelson da Silva Pimentel, 20, foi preso no bairro Jorge Teixeira 4, Zona Leste
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

Policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam na noite desta quarta (6), em Manaus, Valdinelson da Silva Pimentel, 20, que é foragido da Justiça do Pará. Ele estava em via pública sem camisa, descalço e sem documentos, o que fez os PMs desconfiarem dele. Valdinelson foi descoberto e acabou sendo levado para delegacia.

Conforme os policiais da 30ª Cicom, o suspeito foi abordado na rua Coerama, bairro Jorge Teixeira 4, Zona Leste de Manaus. Ele disse que queria comprar crédito para celular, o que não convenceu os PMs. Levado ao 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a equipe verificou que Valdinelson tinha mandado de prisão expedido contra ele desde novembro de 2013.

Segundo a polícia, a Comarca de Óbidos (PA) expediu o mandado de prisão, e desde então Valdinelson estaria em Manaus, mesmo sabendo que estava sendo procurado. Em depoimento, Valdinelson disse que veio para o Amazonas procurar emprego, mas não encontrou. Ele disse que havia pedido autorização da Justiça para viajar, o que seria mentira, segundo a polícia.

Conforme o titular do 30º DIP, delegado Ivo Martins, o crime aconteceu na cidade de Curuá, no interior do Pará, em julho do ano passado. Valdinelson confessou o crime, e explicou que esfaqueou a vítima, de nome não revelado, durante uma briga em um bar. Ele namorava uma mulher que era ex-companheira da vítima, o que teria motivado uma discussão.

Conforme depoimento, Valdinelson chegou ao bar e encontrou a vítima, que já estava lá há certo tempo. A vítima se aproximou de Valdinelson com uma faca para tentar esfaqueá-lo, mas não conseguiu. Nesse momento, Valdinelson correu, pegou um pedaço de madeira para se defender e, durante luta corporal, tomou a faca. Em seguida, ele deu um golpe fatal no homem.

O caso estava sem solução desde que Valdinelson foi considerado foragido. Entretanto, agora, a polícia do Amazonas entrará em contato com a Comarca de Óbidos para articular o envio de Valdinelson de volta para o Pará. Até lá, ele ficará preso na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital, esperando posição da Justiça.

*Com informações da repórter Girlene Medeiros