Publicidade
Manaus
Polícia, Compaj, foragido, Armas de fogo, Força Tática Norte

Foragido do presídio é preso em Manaus com arsenal de armas

 Há quatro meses foragido do Compaj Alberkeylison Cordeiro tinha armas de uso restrito e permitido, além de 500 gramas de pasta base de cocaína  18/03/2012 às 15:27
Show 1
Polícia apreendeu armas de uso restrito e permitido, coletes balísticos e meio quilo de pasta base
Thiago Monteiro e Síntia Maciel Manaus

Um arsenal composto por rifle, escopeta, metralhadora, espingarda, inúmeras munições e um colete balístico foram apreendidos nesse sábado (17), à tarde, por policiais militares da Força Tática Norte, após uma denúncia direta para a guarnição, dando conta de que o presidiário do regime semi-aberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) Alberkeylison Freitas Cordeiro, 26, estaria armado.

Alberkeylison foi abordado na rua Monte Castelo, no Japiim, Zona Centro-Sul de Manaus, trafegando em um veículo modelo Gol, de cor vermelha, e placas JXX 2724, com uma espingarda calibre 12 e algumas munições.

Após a abordagem, os policiais se deslocaram até a casa do presidiário, no Hiléia, Zona Oeste de Manaus, onde encontraram um rifle calibre 44; uma escopeta calibre 12; uma metralhadora calibre 45, da marca USE; 17 munições calibre 38, seis munições calibre 12, três coletes balísticos, de uso restrito da polícia e ainda 500 gramas de pasta base de cocaína, um aparelho celular e a quantia de R$ 80.

Há quatro meses o suspeito estava foragido do Compaj, e  de acordo com a polícia é suspeito de vários homicídios.

Alberkeylison foi conduzido ao 6º Distrito Integrado de Polícia (6º DIP), na Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e uso permitido, corrupção ativa e tráfico ilícito de entorpecentes e em seguida encaminhado para a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no  Centro de Manaus.

Uma pesquisa feita ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), revelou que Alberkulison responde por atentado violento ao pudor e roubo nas 6ª e 10ª Varas Criminais.