Publicidade
Manaus
INVESTIMENTO

Fucapi anuncia série de projetos e investimento de R$ 50 milhões

O principal investidor, que negociou com a Azione Education a gestão da Fucapi, é o banco dos Emirados Árabes BK Investments 24/04/2018 às 22:10 - Atualizado em 25/04/2018 às 12:08
Show fucapi
Fotos: Antonio Lima
Vitor Gavirati Manaus (AM)

Criar 15 novos cursos e transformar a instituição de ensino em um centro universitário. Com essa meta, a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) apresentou a Azione Education como sua nova gestora durante o #FucapiDay em uma casa de eventos na Zona Sul de Manaus na noite desta terça-feira (24).

Durante o evento, a gestora apresentou o economista Geraldo Harb como novo diretor acadêmico da Fucapi e uma série de projetos que devem ser executados até abril de 2019.

Segundo o Ceo da Azione, Aldous Santana, o investimento para os dois primeiros anos da nova gestão deve ser de R$ 50 milhões. O principal investidor, que negociou com a Azione a gestão da Fucapi, é o banco dos Emirados Árabes BK Investments.


Ceo da Azione, Aldous Santana, informou durante o #FucapiDay que todas as ações estão previstas para serem executadas até 2019

A implementação de uma aceleradora de startups; uma incubadora de empresas; um espaço de coworking; e rede de WiFi que atenda, além da sede da Fucapi, os bairros vizinhos estão entre os projetos de destaque expostos aos alunos e colaboradores durante o #FucapiDay por Santana.

A meta do CEO à frente da Fucapi é inovar na educação amazonense. Uma das novidades, segundo o CEO, deve ser a retirada da elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) como obrigatório ao final da graduação. O TCC deve ser substituído pelo desenvolvimento de uma startup acadêmica.

Outros projetos

Dentro do pacote de projetos também estão a criação de uma residência universitária para abrigar alunos da Fucapi, a criação de um projeto para a seleção dos alunos de destaque nas escolas públicas do interior do Amazonas.

“Quando a gente buscou esse novo projeto para a Fucapi, esse novo modo de enxergar a educação, não tinha como não passar pela inovação. É ela que está norteando toda a nova economia do mundo. A gente inundou vocês de informação (com a apresentação dos projetos) porque precisava dar esse recado à sociedade e mostrar que não é um simples projeto de Power Point”, afirmou Santana.

A Fucapi também deverá contar, nos próximos meses, com a chegada de uma rede de academia para atender a comunidade acadêmica.

Outro projeto anunciado por Aldous é a criação de uma escolinha de futebol do inglês Liverpool, possibilitada pelo fato de os investidores árabes também serem os proprietários do clube que está nas semifinais da Champions League.

De acordo com Aldous, a ideia da nova gestão é fazer com que a Fucapi seja a instituição de ensino superior mais lembrada pelos amazonenses. Seguindo a ideia, a Fundação adquiriu os naming rigths do Teatro Manauara, na Zona Centro-Sul, que, a partir desta quarta-feira (25), passa a se chamar Teatro Fucapi.

Além disso, em breve, a cantina da Fucapi será administrada pela rede de cafeterias internacional Starbucks. “A Fucapi vai ser a porta de entrada para a Starbucks ingressar no Norte do País”, adiantou Santana.

Novo momento

Para o novo diretor acadêmico da Fucapi, Geraldo Harb, com a chegada da Azione, a Fucapi vive um novo momento.

“O nosso foco é a excelência acadêmica. Nós vamos firmar uma série de parcerias com instituições internacionais. Sempre dando prioridade na parte de pesquisa, que sempre foi o forte da Fucapi. Mas agora vamos nós temos um ensino muito mais voltado para a área educacional. Infraestrutura física e tecnológica a Fucapi já tem (para se tornar centro universitário). O que nós vamos trabalhar agora fortemente é a excelência acadêmica para alcançar esse patamar”, afirmou Harb.

Sobre a Azione

Conforme o site da Azione, a empresa amazonense é uma facilitadora que busca gerar oportunidades educacionais aos interessados em cursar um mestrado ou doutoramento em Portugal, através de convênio entre a empresa e as universidades.

“Atualmente somos representantes da Fernando Pessoa, Universidade do Porto e Universidade de Aveiro. Nosso trabalho é a captação de alunos, gestão dos módulos ministrados no Brasil, gestão da documentação dos alunos para matrícula em Portugal e ainda otimização e organização das viagens para os módulos presenciais em Portugal”, diz a descrição da Azione em sua página na Internet.

Publicidade
Publicidade