Publicidade
Manaus
Manaus

Gastos da Aleam com 'auxílio transporte' passam de R$ 189 para R$ 1,3 milhão

Os dados constam no último 'Balancete Analítico' da Casa Legislativa disponível no site da Aleam para pesquisa 11/12/2012 às 18:59
Show 1
Assembleia Legislativa do Amazonas
Ana Carolina Barbosa Manaus

O gasto da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) com o ‘auxílio transporte’ passou de R$ 189 entre janeiro e outubro de 2011 para R$1.332.166 em igual período deste ano, uma diferença de R$ 1,3 milhão. Se comparado a setembro de 2012, quando o acumulado do ano era de R$ 1,1 milhão, o acréscimo foi de 11,2%. Os dados são do Balancete Analítico disponível no site da Casa Legislativa.

Já o montante aplicado em locação de veículos aumentou 942,4% em 12 meses, passando de R$ 55,4 mil, de janeiro a outubro de 2011, para R$ 578,3 mil em igual período deste ano. No comparativo com setembro deste ano, quando o gasto acumulado do ano era de R$ 513,8 mil,  a elevação foi de 12,6%.  

O documento é atualizado mensalmente. Conforme o balancete, outro item cujo valor injetado sofreu aumento significativo foi ‘passagens e locação’. Os investimentos nos dez primeiros meses do ano passado totalizaram R$ 336,7 contra R$ 1,1 milhão este ano (acréscimo de 166%). Com relação ao mês anterior, quando o gasto estava em R$ 980,7 mil, o aumento foi de 16,9%.

O mesmo documento mostra que a Aleam injetou, nos dez primeiros meses de 2012, mais de R$650 mil em diárias, enquanto que no mesmo período de 2011, o gasto foi inferior a R$ 455 mil. Só entre setembro e outubro foram gastos R$ 80 mil.

O investimento em bolsas de estudo também teve acréscimo, passando de R$ 1,8 milhão ano passado para R$2,1 milhões este ano. Além disso, uma diferença superior a R$ 3 milhões foi registrada no quesito ‘ auxílio alimentação’, que entre janeiro e outubro de 2011 registrou gasto de R$ 20,1 milhão e, no mesmo período de 2012, R$ 23,7 milhões.

O recurso total utilizado pela Aleam, de acordo com o último Balancete Analítico disponível para pesquisa no site, foi R$164,4 milhões, 13,4% a mais que no ano passado, quando o gasto acumulado até outubro foi de R$145 milhões.

A equipe de acritica.com entrou em contato com o diretor-geral da Aleam, Wander Mota, para obter detalhes sobre os gastos, mas ele informou que os dados deveriam ser repassados via assessoria de comunicação. Por telefone, o acritica.com tentou falar com a assessoria de comunicação, mas não obteve sucesso.