Publicidade
Manaus
Manaus

Gestantes são o grupo de menor alcance de vacina contra a Influenza

Secretaria Municipal de Saúde alerta que grávidas não estão procurando imunização contra H1N1 12/05/2012 às 10:26
Show 1
Trabalhadores da saúde, assim como idosos, crianças de seis meses a menores de 2 anos, gestantes, indígenas, são os grupos prioritários de imunização
a crítica ---

A Campanha de Vacinação contra a Influenza, que está sendo executada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), já imunizou 101.757 pessoas em Manaus, incluindo idosos, crianças de seis meses a menores de 2 anos, gestantes, indígenas e trabalhadores da saúde. O número está dentro da expectativa – mais da metade da meta estabelecida, em menos de uma semana de campanha –, mas o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, alerta que ainda é pequena a procura das gestantes, pela vacina.

 É a menor procura entre os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde como público-alvo da campanha de imunização. “Em Manaus, temos a meta de imunizar, aproximadamente, 180 mil pessoas, sendo 23,7 mil gestantes. Até o momento, pouco mais de 8,4 mil grávidas procuraram os postos de vacinação para receber a proteção contra a gripe”, informou o secretário. A vacinação das grávidas contra a Influenza segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Isto porque, no período da gestação, as mulheres ficam mais suscetíveis a infecções, como gripes e resfriados. A Influenza Trivalente, vacina adotada este ano pelo Ministério da Saúde para a campanha de imunização, protege contra a Influenza sazonal (gripe comum) e também contra a H1N1. “É importante destacar que a vacina adotada pelo Ministério da Saúde não tem micro-organismos vivos, é composta por vírus fragmentado e inativado, não oferecendo riscos à formação do bebê”, orienta o secretário.

Idosos acamados
Até ontem, a Semsa havia recebido 286 pedidos para vacinação domiciliar de idosos acamados, por meio do telefone 0800-280-8280, disponibilizado para receber essa demanda. Kassia Veras, gerente de Imunização da Semsa, explica que os Distritos de Saúde já estão realizando o atendimento domiciliar e que mais da metade das solicitações já foi atendida. “Quem ligou para o 0800 e ainda não recebeu a visita do vacinador não deve se preocupar. Todos os pedidos serão atendidos”, disse. Além das unidades de saúde, o Parque Municipal do Idoso, na zona Centro-Sul, é um dos pontos onde a vacinação está disponível de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h. Na próxima semana, o serviço será oferecido em postos montados nos supermercados DB e Carrefour e no Centro de Convivência da Família, da Cidade Nova, Zona Norte (todos localizados na avenida Noel Nutels), de 9h às 17h.