Publicidade
Manaus
Manaus

Governador do AM inicia roda de reuniões com prefeitos do interior

Encontros iniciam uma semana depois de Omar Aziz anunciar que não irá apoiar candidatos em campanha este ano 08/02/2012 às 07:31
Show 1
Nessa terça-fera, Omar Aziz recebeu cinco prefeitos que estão à frente de prefeituras que ficam no Sul do Estado do Amazonas
LÚCIO PINHEIRO Manaus

Após passar o ano de 2011 criticando prefeitos do interior que o procuravam apenas para pedir asfalto ou ajuda para festas, o governador Omar Aziz (PSD) iniciou, nessa terça-feira (7), uma série de reuniões que terá com esses gestores.

Segundo a Agência de Comunicação do Governo (Agecom), o objetivo dos encontros é discutir demandas e avaliar os projetos do Governo do Estado em andamento nos municípios.

Apesar da insatisfação demonstrada pelo governador com a recorrência do tema, a primeira prefeita a ser recebida por Omar Aziz, ontem, Maria Barroso da Costa (PMDB), do Município Pauiní (a 935 quilômetros de Manaus), cobrou a segunda parcela de um convênio para construir calçadas, meio fio e sarjetas.

“As demandas que levei, ele (Omar) disse que vai ajudar o município”, declarou Maria Barroso.

Ciama

Às vésperas das eleições de 2010, o Governo do Estado firmou convênios no valor de R$ 173 milhões com 44 prefeituras, principalmente para a realização de obras viárias, por meio da Companhia de Desenvolvimento do Amazonas (Ciama).

O convênio para a construção de calçadas, meio fio e sarjetas em Pauiní foi firmado no dia 31 de maio, no valor de R$ 865,5 mil. No dia 28 de junho de 2010, quatro dias antes da data limite para o governo firmar convênios com prefeituras, de acordo com a Lei Eleitoral, o Governo do Amazonas liberou mais um contrato para o Município de Pauiní, no valor de R$ R$ 1 milhão, para obras de recuperação do sistema viário da cidade.

“Essas obras já foram concluídas em 2011”, disse a prefeita Maria Barroso.

Além dos repasses de convênio, a prefeita de Pauiní disse que pediu de Omar Aziz ajuda para concluir o Centro de Convivência do Idoso da cidade. A obra foi orçada em R$ 222,8 mil. A empresa contratada em outubro de 2008 pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) para realizar os serviços foi a MJM Engenharia Ltda.

Segundo informações do Sistema Integrado de Controle e Gestão de Obras Públicas do Governo do Amazonas, o contrato foi rescindido. De acordo com Maria Barroso, o governador demonstrou interesse em ajudá-la. Depois de reunir com Maria Barroso, o governador recebeu os prefeitos de Canutama, João Ocivaldo Batista de Amorim (PP); de Lábrea, Gean Barros (PMDB); de Tapauá, Carlos Gonçalves da Silva (PMDB) e de Boca do Acre, Maria das Dores de Oliveira (PR). Todos, prefeitos de municípios do Sul do Amazonas.

Filiados ao PMDB são os primeiros

Seis dos nove prefeitos que participam das primeiras reuniões com Omar Aziz (PSD) são do PMDB, partido liderado pelo senador e ex-governador Eduardo Braga, com quem o governador iniciou no final de semana conversa sobre as eleições no interior e na capital amazonense.

Segundo a Agência de Comunicação do Governo (Agecom), as reuniões são apenas para tratar de trabalho. A prefeita de Pauní, Maria Barroso (PMDB), afirmou que não falou de política com o governador quando foi recebida.

As reuniões dessa terça-feira foram acompanhadas por secretários de Governo. Entre os presentes estavam os secretários de Saúde, Wilson Alecrim; de Educação, Gedeão Amorim; da Fazenda, Isper Abrahim; e o de Segurança, Paulo Roberto Vital.