Publicidade
Manaus
Manaus

Governo do Amazonas anuncia apoio aos haitianos em Manaus

Serão disponibilizados aproximadamente R$ 400 mil para aluguel de abrigo, além de compras de mantimentos e doação de 300 colchões 27/01/2012 às 21:06
Show 1
Haitianos na área externa da igreja de São Geraldo, onde opera a base da Pastoral do Migrante
Acritica.com Manaus

O Governo do Amazonas anunciou, na manhã desta sexta-feira (27) que irá ampliar o apoio emergencial aos haitianos. Dentre os próximos dias serão disponibilizados R$ 400 mil para aluguel de um abrigo em Manaus, compra de mantimentos, além de doação de 300 colchões aos imigrantes.

A decisão do governo foi dada após reunião entre a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas), membros da Igreja Católica, de organizações de apoio ao imigrante e do procurador da Procuradoria do Trabalho da 11ª Região, Audaliphal Hildebrando da Silva.

Segundo informações do Estado, o aluguel do abrigo passará por licitação a ser definida a partir da próxima semana. Ainda no início de fevereiro, serão distribuídos mil cestas básicas aos imigrantes necessitados.

A titular da Seas afirmou que a parceria entre o Governo Federal e o do Amazonas prevê ainda a liberação de mais R$ 500 mil para a compra de alimentos e prestação de serviços básicos.

Segundo levantamento da Seas e Pastoral do Migrante da Igreja Católica o Estado possui algumas demandas emergenciais como local para abrigar os haitianos, colchões de solteiro, alimentação, transporte, equipe técnica de assistentes sociais e advogados para dar orientação, manutenção do kit-básico (botija de gás, fogão de duas bocas e mangueira com medidor), pagamento de aluguel de caráter transitório para famílias ou grupo de imigrantes.

Números

Atualmente, em Manaus, existem 3,6 mil haitianos, sendo 400 mulheres (dentre elas 12 grávidas), 25 crianças desse total 18 recém-nascidas e 3.175 homens, dentre eles dois mil estão trabalhando.

Em Tabatinga, estima-se que exista um pouco mais de mil haitianos no local.