Publicidade
Manaus
Manaus

Governo do Amazonas realiza ações de saúde com imigrantes haitianos

De acordo com o governo, todos os alojamentos dos imigrantes haitianos em Manaus receberão a série de ações. As datas estão sendo agendada 10/02/2012 às 18:23
Show 1
Grupo de haitianos na Paróquia de São Geraldo, bairro São Geraldo, zona Centro-Sul de Manaus
acritica.com Manaus (AM)

O Governo do Estado do Amazonas inicia neste sábado (11), a partir das 8h30, mobilização de saúde direcionada aos imigrantes haitianos em Manaus. A primeira ação será realizado na Obra São Francisco de Assis, localizada na rua Monsenhor Coutinho, 800, Centro. De acordo com a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), no local estão abrigadas 50 mulheres grávidas ou em período de pós-parto, além de crianças.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM) vai realizar levantamento do número de abrigados para efetuar aplicação de vacinas contra tétano e febre amarela. “Também iremos regularizar o quadro vacinal das crianças de acordo com o calendário previsto pelo Ministério da Saúde”, explicou a diretora-presidente em exercício da FVS/AM, Lubélia Sá Freire, que também participará da ação.

De acordo com Freire, a FVS/AM irá implantar o Monitoramento das Doenças Diarréicas Agudas (MDDA) e de febres nos locais onde estão abrigados os imigrantes haitianos. Para tal, os assistentes sociais e profissionais atuantes nos abrigos serão capacitados para identificar e notificar possíveis surtos de diarréia e realizar procedências necessárias em casos febris. “Com a notificação será possível a investigação dos casos e tratamentos corretos”, falou a diretora. A data do curso está prevista para a próxima semana entre os dias 12 e 16.

Uma equipe da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua/FVS) também participará da ação a fim de avaliar a água consumida no local. “A qualidade da água vem sendo monitorada mais de perto desde o início de 2011, quando muitos imigrantes haitianos começaram a chegar ao Brasil, isso porque o Haiti vive uma epidemia de cólera, uma doença de veiculação hídrica”, disse Freire. No Amazonas, o último caso registrado de cólera foi em 1998.

Na terça-feira (14), a partir das 18h, a FVS/AM iniciará aplicação de vacinas na população abrigada na Obra São Francisco de Assis e continuará os processos coleta para análise de água, além de eliminação de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti (transmissor da dengue) e borrifação. O Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social (NES/FVS) irá realizar atividades educativas sobre higiene e alimentação saudável. Toda a ação contará com a colaboração de tradutores.