Publicidade
Manaus
Manaus

Governo do Amazonas repassa R$ 4,6 milhões para escolas de samba

Os recursos estarão na conta da Liga logo após a assinatura do convênio e apenas as agremiações filiadas à entidade poderão fazer o saque. 27/12/2012 às 17:12
Show 1
Na foto a escola de samba Reino Unido da Liberdade
acritica.com Manaus (AM)

Um total R$ 4,6 milhões serão repassados, nos primeiros dias de janeiro de 2013, para as escolas de samba de Manaus. No próximo dia 2 de janeiro, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (SEC), assina um convênio com a Liga das Escolas de Samba do 1º e 2º Grupo e Blocos Carnavalescos de Manaus (LESBCEM) para o pagamento das despesas das 26 agremiações que irão desfilar no Sambódromo entre os dias 7 a 9 de fevereiro, totalizando neste montante inicial de R$ 3,2 milhões.

Pelo acordo, o Estado também se compromete com repasse de R$ 1,15 milhão à entidade para aplicação na infraestrutura e apoio logístico dos desfiles, da sonorização e operacionalização a coordenação do evento, jurados e concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval.

Além de outros R$ 175 mil – em fase de licitação – para segurança, cercas moduladas, geradores de energia e banheiros químicos, totalizando R$ 4,6 milhões em investimentos na festa e representando acréscimo de 6,48% em comparação ao ano passado. Isto somente apoio do Governo do Estado, fora as iniciativas e patrocínios outros.

Pagos em uma única parcela, os recursos já estarão na conta da Liga logo após a assinatura do convênio e apenas as agremiações filiadas à entidade poderão fazer o saque.

"O Carnaval, a maior celebração popular do povo brasileiro, promete ser ainda melhor em 2013. E estamos investindo no talento dos nossos artistas", declarou o governador do Amazonas, Omar Aziz.

Grupos

De acordo com a solicitação das escolas, as oito agremiações  do Grupo Especial que desfilam no sábado de Carnaval (9) – Reino Unido da Liberdade, Aparecida, Sem Compromisso, A Grande Família, Unidos do Alvorada e Vitória Régia - receberão R$ 249.163,20, cada.

As sete escolas que integram o Grupo de Acesso A – Império da Kamélia, Acadêmicos da Cidade Alta, Coroado, Andanças de Ciganos, Primos da Ilha, Unidos da Cophasa e Dragões do Império – receberão juntas R$ 819.896,00, ou R$ 117.128,00, cada uma, para produzir seus desfiles na sexta-feira momesca (8).

No mesmo dia, Gaviões do Parque, Beija Flor do Norte, Império do Havaí, Meninos Levados, Mocidade de Ipixuna e Mocidade Independente da Raiz abrem o desfile do Grupo de Acesso B. Juntas receberão uma verba de R$ 351.384,00.

Por fim, as agremiações do Grupo de Acesso C, que abrem a temporada de desfiles na Passarela do Samba na quinta-feira (7) – Leões do Barão Açu, Unidos da Cidade Nova, Legião dos Bambas, Império do Mauá e Vila da Barra -receberão cada uma R$ 21.296,00.