Publicidade
Manaus
Manaus

Governo Federal anuncia investimentos em 25 aeroportos do Amazonas

No total, o governo investirá R$ 7,3 bilhões em 270 aeroportos regionais. Os projetos promoverão a melhoria, o reaparelhamento, a reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos 20/12/2012 às 13:27
Show 1
Para incentivar a aviação regional, o governo concederá também isenção de tarifas aeroportuárias para terminais do interior com movimentação inferior a 1 milhão de passageiros por ano
acritica.com Manaus

A presidenta Dilma Rousseff anunciou na manhã desta quinta-feira (20) investimentos em 25 aeroportos do estado do Amazonas. O pacote de prevê recursos para 67 aeroportos da região Norte, somando R$ 1,7 bilhão.

No total, o governo investirá R$ 7,3 bilhões em 270 aeroportos regionais. Os projetos promoverão a melhoria, o reaparelhamento, a reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos. Os investimentos incluirão, por exemplo, reforma e construção de pistas, melhorias em terminais de passageiros, ampliação de pátios, revitalização de sinalizações e de pavimentos, entre outros. Os recursos virão do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC).

O anuncio foi feito durante apresentação do Programa de Investimentos em Logística: Aeroportos no Palácio do Planalto. Segundo o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, o Banco do Brasil ficará responsável pela gestão dos projetos e dos investimentos nos aeroportos. Além disso, Dilma anunciou a concessão dos aeroportos do Galeão (RJ) e de Confins (MG) para a iniciativa privada.

“Tenho certeza que teremos um 2013 de crescimento e avanço sustentável na nossa economia. Queremos um crescimento que seja constante. Por isso, não poderia deixar neste momento de dar uma palavra de força no que se refere ao que acredito que será 2013″, afirmou a presidenta em seu discurso.

Para incentivar a aviação regional, o governo concederá também isenção de tarifas aeroportuárias para terminais do interior com movimentação inferior a 1 milhão de passageiros por ano e subsídios para rotas entre cidades pequenas e médias.

De acordo com o senador Eduardo Braga, em uma região que carece de desenvolvimento nesse setor, esses investimentos são essenciais para melhorar o trânsito de pessoas e mercadorias dentro do estado e para outras regiões.

“No Amazonas, onde às vezes o transporte aéreo pode fazer a diferença entre a vida e a morte, é imprescindível que tenhamos investimentos em infraestrutura aeroportuária e, por isso, essa iniciativa do governo federal é extremamente importante”, disse o senador.