Publicidade
Manaus
Manaus

Grávida foge de maternidade para entregar carta ao senador Eduardo Braga

Depois de muita resistência, Lizomar foi convencida por médicas do Samu e policiais militares a ir a um hospital. 28/10/2012 às 09:55
Show 1
Grávida foge de maternidade para esperar senador Eduardo Braga
Lúcio Pinheiro Manaus

Grávida de sete meses e três semanas, a dona de casa Lizomar Queiroz, 39, fugiu da maternidade Moutra Tapajós, no bairro Compensa, Zona Oeste, para tentar entregar uma carta ao senador Eduardo Braga, na escola estadual Marechal Hermes, onde ele vota, no conjunto Cofasa, bairro Nova Esperança, na mesma zona da cidade.

Depois de muita resistência, Lizomar foi convencida por médicas do Samu e policiais militares a ir a um hospital. Na carta, a grávida relata que perdeu uma casa no conjunto Novo Cidadão 12, Na Zona Norte, depois que a Secretaria Estadual de Habitação alegou que ela abandonou a residência.

Lizomar ganhou a casa do Estado, quando Braga era governador do Amazonas. A grávida disse que tem como provar que não abandonou a residência, por isso queria a ajuda do ex-governador.

Servidores da Justiça Eleitoral ficaram com a carta e prometeram à dona de casa que a entregarão ao político. Até as 9h09, quando a dona de casa foi levada por uma ambulância do Samu, o senador não havia aparecido para votar. Segundo a equipe do Samu, a gravidez de Lizomar é de risco, e ela não poderia permanecer na escola.