Publicidade
Manaus
Manaus

Grevistas da Ufam farão panfletagem em pontos de ônibus de Manaus

A ação faz parte do calendário oficial da greve de 9 a 13 de julho, que foi definido em reunião do CLG da Ufam, realizada na manhã da última segunda-feira (9) 11/07/2012 às 10:40
Show 1
Na última sexta-feira (6), uma passeata dos servidores federais quem estão em greve no Amazonas reuniu 1,2 mil pessoas no Centro de Manaus
acritica.com Manaus

Com o objetivo de informar e chamar a atenção da sociedade para as reivindicações dos docentes da Universidade Feferal do Amazonas (UFAM), que estão paralisados desde o dia 17 de maio por tempo indeterminado, professores, técnicos administrativos e estudantes da Ufam realizam nesta quinta-feira (12) uma panfletagem em terminais de ônibus de Manaus.

Os manifestantes se dividirão em dois grupos para atuar no Terminal de Integração 3 - T3 (no bairro Cidade Nova, na zona Norte) e no T5 (no bairro São José, na zona Leste).

Segundo o coordenador do Comando Local de Greve (CLG) e presidente da Associação dos Docentes da Ufam (Adua), Antônio Neto, a ação faz parte do calendário oficial da greve de 9 a 13 de julho, que foi definido em reunião do CLG da Ufam, realizada na manhã da última segunda-feira (9).

Incluso nesse cronograma, o Fórum das Entidades Federais realizado, na tarde desta terça-feira (10), na sede do Sindicato dos Servidores da Justiça do Trabalho do Amazonas (Sitra-AM/RR), definiu outro ato unificado dos servidores federais.

Depois da passeata que reuniu 1,2 mil pessoas no Centro de Manaus na sexta-feira (6), os trabalhadores realizarão na próxima quarta-feira (18), uma passeata com concentração na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

“A concentração será 8h, sairemos em passeata com uma parada no Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) e depois seguiremos para a Ufam”, explicou Neto.

Além dessas entidades, está prevista a participação no ato unificado do Sitra-AM/RR, Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Amazonas (Sindsep/AM) Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica no Amazonas (Sinasefe-AM), dos Trabalhadores da Educação Superior do Estado do Amazonas (Sintesam), dos Servidores da Justiça Eleitoral do Amazonas (Sinjeam) e dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Amazonas (Sintect/AM). Também confirmaram presença representantes da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas/AM), da Associação dos Servidores da Justiça Federal do Amazonas (Assejuf/AM), do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), do Movimento Social de Luta por Moradia Digna (MSLMD), do Comando de Greve Estudantil da Ufam e da Assembleia Nacional dos Estudantes - Livre (Anel).