Publicidade
Manaus
Manaus

Grupo de apoio que ajuda a salvar vidas em Manaus

O programa Amor Exigente, presente há dez anos em Manaus, orienta familiares de usuários de drogas, entre outros vícios, a enfrentar os problemas 27/06/2012 às 07:24
Show 1
Para afastar o filho das drogas, moradora de Tabatinga chegou a acorrentar o garoto
jornal a crítica Manaus

Há dez anos em Manaus, o programa Amor Exigente, que tem disseminado grupos que apoiam e facilitam as mudanças comportamentais na família e na sociedade, visando a melhoria na qualidade de vida, também vai ser estendido para o interior do Estado. O objetivo é ampliar a rede de voluntários nas comunidades para atuar na prevenção ao uso de álcool e drogas.

“Já conseguimos sensibilizar as pessoas, disseminando o programa em Manacapuru, Coari, Tabatinga e Lábrea”, disse a coordenadora de grupo, Socorro Rocha. Na capital, são quatro grupos de apoio que reúnem pessoas interessadas em se envolver na prevenção às drogas.

“A maioria das pessoas que participam desses grupos passaram por essas situações ou viram acontecer na sua família. Mas quem tem apenas o interesse de acompanhar as reuniões também pode participar, é gratuito”, acrescentou Socorro.

A atuação dos voluntários que coordenam os grupos de apoio é baseada em 12 ‘Princípios Básicos e Éticos’, na responsabilidade social e na espiritualidade. “Cada mês é trabalhado um dos princípios, e as reuniões acontecem uma vez por semana, durante duas horas”, explicou a coordenadora.

Qualidade de vida
De acordo com Socorro Rocha, os grupos de apoio pretendem mais do que tratar os pacientes, orientar a família e buscar o resgate de valores. “São discutidas apenas situações apresentadas pelas pessoas, que traçam suas próprias metas para ajudar na qualidade de vida”.

Um dos princípios usados pelos grupos do programa é o do ‘apoiador’, orientando que, na comunidade, as famílias devem dar e receber apoio. Ou seja, para o grupo, é necessário compartilhar experiências para que sejam encontradas soluções para os problemas, como as drogas.

O programa chegou ao Brasil em 1984. Atualmente, existem 575 grupos com cerca de 10 mil voluntários distribuídos em cidades brasileiras e do exterior.

Alcance
O número de grupos do programa Amor Exigente vem sendo ampliado por meio de projetos da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, do Ministério da Justiça, com apoio da Embaixada Americana e em parceria com a Federação de Amor Exigente (Febra). De acordo com a coordenação regional, somente em Manaus, aproximadamente 60 pessoas fazem parte do programa.