Publicidade
Manaus
Dedicação à educação

Grupo escolar completa 30 anos de atuação com a ‘visão’ voltada para o futuro

De acordo com Nelly Falcão, o segredo para o sucesso de três décadas é ter uma equipe de trabalho comprometida e dedicada, além do apoio da família 13/05/2016 às 10:39 - Atualizado em 13/05/2016 às 16:55
Show jghjghjghj
A empresária Nelly Falcão (em pé) com a mãe, a professora Martha Falcão
Marcela Moraes Manaus (AM)

“Um sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. É com esta frase da música Prelúdio, de Raul Seixas, inspirada na poesia de Miguel de Cervantes, que Nelly Falcão, proprietária do Colégio Martha Falcão, define o sucesso dos 30 anos da instituição no Estado do Amazonas.

Ela afirma que o segredo para o sucesso de três décadas é ter uma equipe de trabalho comprometida e dedicada, além do apoio da família. “E, principalmente, amor à causa: a educação, que nos motiva e nos faz determinados, nos permite superar as dificuldades e enfrentar os desafios, nos leva a investir no ensino”.

Ao falar da trajetória percorrida durante estas três décadas, a professora enfatiza que o maior legado que a instituição deixa para o Estado é o patrimônio humano. “A educação nunca morre, através dela estamos sempre renascendo e vislumbrando novos horizontes. Quando tomo consciência deste legado isso me deixa muito feliz porque, além do patrimônio material, o mais importante é o patrimônio cultural, educacional e de pessoas de bem que tiveram uma formação integral e que estão servindo ao Estado, ao País e ao mundo”.

Conquistas

Desde a criação do colégio até os dias atuais, Nelly Falcão conta que o sentimento é de satisfação por ver muitos objetivos sendo atingidos. “Como educadora e filha da professora Martha Falcão tenho na veia essa vocação, esse desejo muito grande de ensinar, de colaborar com o nosso Estado, melhorar a qualidade de ensino dentro da nossa região, visto que o Amazonas ainda precisa caminhar muito”. Embora seja mantenedora de instituição de ensino particular, ela diz que sempre atuou em órgãos como os conselhos estadual e municipal de Educação, sindicatos e fóruns de educação. “Com toda essa experiência,  posso fazer um paralelo entre o ensino público e o privado”, disse.

Homenagem

Segundo Nelly, o Colégio Martha Falcão surgiu a partir da demanda dos pais dos alunos que, à época, estudavam no Centro Educacional Pinocchio e queriam dar continuidade à formação deles com o mesmo formato oferecido no sistema infantil. “Aproveitei a oportunidade para homenagear minha mãe, a professora Martha Falcão. Ela foi grande referencial para os alunos, tanto por seu trabalho como professora, pesquisadora e ecologista, como por toda sua trajetória como pessoa”, contou Nelly.

Origem no Centro Educacional Pinocchio

O Centro de Educação Integrada Professora Martha Falcão, fundado em 12 de maio de 1986, que atende alunos do Ensino Fundamental (1º ao 9ºano) e do Ensino Médio (1ª a 3ª séries), foi reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação através do parecer nº057189, aprovado em 10 de maio de 1989.

O Colégio foi criado para atender ao público do Centro Educacional Pinocchio: os pais das crianças queriam a continuidade dos estudos no mesmo sistema educacional. Em 1991, a direção implantou o horário integral. Em 2010 foi a vez do integral bilíngue e, em 2012, o colégio implantou o Programa “High School” em convênio com o Texas Tech University, que hoje é firmado com a University of Missouri. Em 2013 a direção adotou  programas como a “Escola da Inteligência” e o “DSOP–Educação Financeira”.

Desde 2014 a escola oferece inovações como a sala 3D e o laboratório virtual. Em 2015, a novidade ficou pela ampliação da carga horária das disciplinas curriculares do ensino fundamental II e ensino médio.