Publicidade
Manaus
Manaus

Henrique Oliveira lidera lista de gastos

Sites da Câmara e Senado dão raios X da atuação dos parlamentares 03/02/2013 às 16:16
Show 1
O parlamentar Henrique Oliveira que foi o líder de gastos do cotão concorreu à prefeitura em 2012
jornal a crítica ---

Ao fazer um levantamento nas páginas eletrônicas da Câmara dos Deputados e do Senado, nos links de transparência e dos dados de cada parlamentar, pode-se verificar a atuação dos membros da bancada do Amazonas em 2012 e encontrar dados reveladores. O deputado Henrique Oliveira (PR) foi o que mais usou a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), o chamado “cotão” ou verba indenizatória.

Dos R$ 384 mil que tinha direito a utilizar nos 12 meses de 2012, o deputado gastou R$ 373,3 mil ou 97,14% do total. Abaixo dos R$ 300 mil ficaram Sabino, com gastos de R$ 286 mil; Eduardo Braga (R$ 274,3 mil); Pauderney Avelino (R$ 257,7 mil), e o senador Alfredo que utilizou apenas 48,18% (R$ 185,2 mil) da cota.

Em iniciativas legislativas (projetos, emendas à Constituição e indicações a ministros), o destaque em 2012 vai para a senadora Vanessa Grazziotin que apresentou 357 proposições, seguida pelo deputado Silas Câmara, com 208 iniciativas. O deputado do PSD utilizou um artifício comum àqueles que querem mostrar quantidade. Elaborou três tipos de pedidos de informação ao Ministério de Minas e Energia (MME) sobre o programa “Luz para Todos”; aplicação de recursos na rede de distribuição e no parque gerador de Energia nos 62 municípios do Estado do Amazonas, sendo três requerimentos para cada cidade.

O deputado Sabino Castelo Branco (PTB) foi o que menos “parlou”. O polêmico apresentador de TV ocupou a tribuna ou os microfones da Câmara em Brasília apenas seis vezes no ano passado; Rebecca Garcia (PP) fez 22 discursos; Henrique Oliveira, 29; e o senador Alfredo Nascimento (PR) falou 36 vezes.