Publicidade
Manaus
CRIME

Acusado por 10 estupros confessa crimes e diz que não conseguia parar de cometê-los

De acordo com a polícia, o técnico em eletrônica abordava as vítimas nas proximidades de uma faculdade e cometia os estupros no carro da esposa além de carregar uma Bíblia 11/10/2017 às 11:30 - Atualizado em 11/10/2017 às 11:57
Show biblia
O suspeito foi apresentado na manhã de hoje pela polícia (Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

O técnico em eletrônica Alder Ronaldo da Silva Maciel, 46, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (11), acusado de ter cometido pelo menos 10 estupros contra estudantes na Zona Centro-Sul da cidade. Uma das vítimas, uma jovem de 19 anos, foi à delegacia e denunciou o crime ocorrido no dia 8 de agosto deste ano, dentro do veículo do infrator.

Segundo a polícia, o homem já respondia por mais nove estupros, todos com o mesmo modos operandi. "Ele ficava nas proximidades de uma faculdade, localizada na avenida Constantino Nery. Lá abordava as vítimas, universitárias, com arma de fogo e as obrigava a entrar no veículo dele. Dentro do automóvel praticava o crime", disse a delegada Alynne Lima, do 16° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Ainda segundo a autoridade policial, as vítimas relataram que o homem carregava dentro do carro uma Bíblia. Alder foi preso na manhã de ontem (10), na travessa Ayrao, bairro Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul da cidade, em cumprimento a mandado de prisão.

O veículo em que o suspeito cometia os estupros pertence a esposa dele e foi apreendido para que as vítimas fizessem o reconhecimento. Na delegacia o homem confessou a autoria de todos os crime aos quais responde e disse ainda que não consegue parar de cometê-los.

Alder foi indiciado por estupro e na tarde de hoje (11), será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).