Publicidade
Manaus
HOMICÍDIO

Homem é assassinado a tiros no bairro João Paulo 2, Zona Leste de Manaus

A vítima, não identificada, foi atingida com cinco tiros nas regiões da cabeça, braços e tórax. Os autores do crime fugiram numa moto 19/08/2017 às 16:21
Show 1
Foto: Divulgação/Polícia Militar
Vinicius Leal Manaus (AM)

Um homem não identificado foi assassinado a tiros na tarde deste sábado (19), em Manaus, na rua Mangarataia, conjunto João Paulo 2, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus, por volta das 14h. A vítima foi atingida com cinco tiros nas regiões da cabeça, braços e tórax, com características de revólver calibre 38. Os autores do crime, dois homens em uma moto, fugiram.

“Foram cinco tiros provavelmente de calibre 38. Um na parte superior, na cabeça, três nos braços e um na lateral de raspão”, disse um policial militar da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). As circunstâncias do crime não foram confirmadas pela PM. "Aqui ninguém soube falar nada. Todo mundo calado", completou o policial.

Porém, segundo um morador que testemunhou o crime, o homem foi vítima de um assalto. “Dois homens armados passaram de moto e pediram o celular dele, mas ele só tinha um (celular) pequeninho e não tinha mais dinheiro. Viram que ele não tinha nada, aí meteram tiro nele”, contou o morador que não quis se identificar. “Depois eles fugiram. Desceram a ladeira, viram que lá embaixo era sem saída e voltaram fugindo para cá de novo”.

Entre os moradores da rua Mangarataia entrevistados pela reportagem, nenhum deles soube informar a identificação da vítima. “A gente só ouviu os tiros, ninguém conhece. Ele só estava com as mãos todas sujas de gracha. Vestia uma bermuda e uma camisa, mas ninguém sabe quem é”, afirmou uma moradora que também não quis se identificar.

“Eu me assustei. Nunca tinha acontecido isso aqui. Quando corremos para ver, o corpo já estava estendido no chão. A polícia chegou e foi verificando. O IML chegou também, fizeram os levantamentos. Mas não apareceu nenhum familiar, ninguém sabe da onde veio e nem como que aconteceu. Simplesmente atiraram e já vimos ele morto”, completou a moradora.

Uma equipe do Instituto de Criminalística (I.C) da Polícia Civil compareceu o local e fez perícia. O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo da vítima. As investigações deverão ser feitas por policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até a publicação desta matéria, a vítima não havia sido identificada e os autores do crime continuavam foragidos.