Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é encontrado morto a facadas dentro da própria casa na Zona Norte de Manaus

A polícia civil trabalha com a hipótese de um possível latrocínio (roubo seguido de morte), já que vários pertences pessoais da vítima foram levados pelos suspeitos 06/05/2012 às 18:33
Show 1
O crime aconteceu dentro da própria residência de Waldir, na rua Taís, no Nova Cidade, Zona Norte de Manaus
Catiane Moura Manaus

O industriário Waldir Almeida Ferreira, 41, foi brutalmente assassinado com nove facadas na madrugada deste domingo (6), dentro da própria residência, na rua Taís, no Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. A polícia civil trabalha com a hipótese de um possível latrocínio (roubo seguido de morte), já que vários pertences pessoais da vítima foram levados pelos criminosos.

Segundo a polícia, outra suspeita que também está sendo investigada e pode ter motivado o crime, seria porque a vítima era portadora do vírus  HIV e teria contaminado outra pessoa com a doença, o que teria levado esta pessoa junto com outros comparsas executar Waldir. A informação não foi confirmada pela família do industriário.

De acordo com a irmã da vítima, a técnica em enfermagem Vera Lene Almeida, 33, o corpo do irmão foi encontrado despido por volta das 9h deste domingo (6), por um sobrinho de 17 anos.

“Ele estava caído no chão com nove facadas pelo corpo. Eu não entendo porque fizeram isso com ele. Era uma pessoa boa, trabalhadora e não tinha envolvimento com coisas ruins”, declarou a irmã.

A técnica em enfermagem não confirmou que se Waldir era soro positivo, mas afirmou que a família desconfiava que ele fosse homossexual, apesar dele nunca ter assumido. “Ele era muito calado e nunca falava dessas coisas com a família”, contou.

De acordo com a Delegacia de Homicídios (DEHS), os criminosos levaram um notebook, joias e o celular da vítima, depois do assassinato.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios (DEHS) e deverá ser repassado também para a Delegacia de Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), no Alvoarada, Zona Centro-Oeste, pela suspeita de latrocínio.