Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é preso após matar 'desafeto' e balear adolescente na Zona Leste de Manaus

De acordo com a polícia, eles chegaram até "Ladrão" através de uma ligação ao Centro Integrado de Operações e Segurança (CIOPS), informando que duas pessoas tinham sido atingidas por arma de fogo no bairro 05/04/2012 às 16:22
Show 1
Jozimar Soares Tavares, 19, o "Ladrão", matou um homem de 20 anos e atingiu um adolescente de 15, que está estável no Platão Araújo
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

Jozimar Soares Tavares, 19, o "Ladrão", foi preso por policiais militares da Força Tática Leste na noite desta quarta-feira (4), no terreno de uma residência, próximo ao "Escadão do Jorge Teixeira", na Zona Leste de Manaus. Por volta de 19h desta quarta, Jozimar matou Rodrigo Medeiros de Araújo, 20, e atirou na perna de um adolescente de 15 anos, que está no Pronto-Socorro  Dr. Platão Araújo. O crime aconteceu no Beco Castanheira, no Jorge Teixeira.

De acordo com a polícia, eles chegaram até o "Ladrão" através de uma ligação ao Centro Integrado de Operações e Segurança (CIOPS), informando que duas pessoas tinham sido atingidas por arma de fogo no bairro.

A polícia ao chegar ao escadão, encontrou seis elementos que saíram correndo para diversos lados. Jozimar foi encontrado debaixo de uma mesa de madeira, que era usada para lavar roupa atrás de uma casa.

Ele tentou jogar um revólver de calibre 38, no terreno da casa, porém a polícia achou o revólver com duas munições intactas. Foram encontradas ainda mais três munições de calibre 16.

Jozimar contou à reportagem que matou  Rodrigo porque no sábado a vítima foi até a casa do cunhado dele,  João Jorge, conhecido como “Rato”, e disse que ia matar toda a família dele inclusive a filha do Jozimar que estava na casa.

Nessa quarta (4) ele pegou uma arma que tinha comprado por R$ 500 e foi até o local para matar Rodrigo, o Ramon estava no local e acabou sendo atingido. O quadro dele é estável.

Jozimar foi levado para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado por homicídio qualificado,e porte ilegal de munição de uso permitido e depois encaminhado para a cadeia pública.