Publicidade
Manaus
Manaus

Homem é preso depois de dar facada na testa da ex-companheira em Manaus

Em depoimento, Priscilane disse que Adryano era uma pessoa agressiva e por isso resolveu terminar o relacionamento de dois anos. O casal teve um filho, atualmente com um ano e meio de idade 10/07/2012 às 10:27
Show 1
Adryano foi preso depois de agredir a ex-companheira. Ele desferiu uma facada na testa de Priscilane
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

O vendedor Adryano de Souza Chaves, 25, foi preso no final da noite desta segunda-feira (9) depois de atingir a testa da ex-companheira Priscilane Nunes da Silva, 18, com uma facada. O caso aconteceu no momento em que Adryano invadiu a casa da vítima na Rua João Dourado, bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus. A polícia chegou ao local depois de ser acionada pelo Centro Integrado de Operações de Seguranças (Ciops).

Em depoimento, Priscilane disse que Adryano era uma pessoa agressiva e por isso resolveu terminar o relacionamento de dois anos. O casal teve um filho, atualmente com um ano e meio de idade.

A vítima contou que estava em casa junto com seu atual namorado identificado apenas como ‘Rai’, no momento em que o Adryano entrou na residência sem que ninguém percebesse.

“Ele entrou em casa, foi até a cozinha e pegou uma faca. Foi até o quarto onde estava eu e o Rai”, ressaltou.

Priscilane contou ainda que Adriano tirou seu atual companheiro do quarto e desferiu uma facada na sua testa.

A polícia chegou ao local depois de ser acionada pelo Ciops, informando que um homem teria esfaqueado a ex-companheira.

Priscilane foi encaminhada para o Hospital de Pronto Socorro João Lúcio para receber atendimento médico.

A princípio, Adryano foi encaminhado para a 27º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), onde não quis falar sobre assunto, depois ele foi levado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em depoimento, Adryano disse que eles estavam separados há dois meses e que ele foi até casa dela, pois Priscilane sempre dava ‘esperanças’ para ele, mas disse que crime foi motivado pelo ciúme. Adryano contou que descobriu que ela tinha um amante.

“Eu pedi que ele saísse do quarto, mas ele não quis sair. Nós brigamos e a Priscilane se meteu no meio e a faca acabou atingindo a cabeça dela”, pontuou.

Adryano foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal e já foi para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.