Publicidade
Manaus
Manaus

Homem morre depois de levar cinco tiros na Zona Oeste de Manaus

De acordo com a esposa da vítima, antes de ser atingido com os tiros o marido travou luta corporal com o suspeito 09/07/2012 às 13:07
Show 1
Campo da Cophasa, local onde estava acontecendo o XX Festival Folclórico do Nova Esperança e onde Reginaldo Santos caiu depois de levar cinco tiros
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

O industriário Reginaldo Viana Santos, 28, morreu na madrugada desta segunda-feira (9) depois de levar cinco tiros. O crime aconteceu na Praça do Solimões, na Avenida Vale do Sol com Avenida Y, bairro Nova Esperança, Zona Oeste de Manaus. Testemunhas disseram que o suspeito de cometer o crime é um homem identificado como “Seninha”.

De acordo com a esposa da vítima, Adriana Silva, 23, o casal estava com o filho de três anos e eles tinham saído do arraial XX Festival Folclórico do Nova Esperança, quando o industriário (que estava com o filho no colo) viu o suspeito,  colocou o filho no chão e seguiu em direção ao homem onde travou luta corporal.

O suspeito brigou com o industriário e depois disparou cerca de dez tiros contra ele. Cinco tiros atingiram a cabeça, tórax, braços e pernas do industriário, que ainda foi levada para o SPA do bairro da Alvorada, mas não resistiu e morreu no local.

A esposa da vítima disse que o marido não recebia ameaça de ninguém e desconhece o a motivação do crime.

O suspeito de atirar em Reginaldo é um homem identificado como “Seninha”, segundo testemunhas.

Paulo Cesar, coordenador do Festival Folclórico do Nova Esperança contou que o crime não aconteceu na área onde ocorre o arraial.

“A vítima saiu correndo e caiu dentro do campo onde estava acontecendo o festival. Na ocasião uma menina identificada como Juliana Martins foi atingida com um tiro no pé”, ressaltou.

Na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde o crime vai ser investigado, a autoria ainda é desconhecida.