Publicidade
Manaus
Manaus

Homem que comemorava aniversário morre afogado na praia, em Manaus

Conforme o Corpo de Bombeiros, uma guarnição de salva vidas que chegava ao local para fazer os trabalhos de prevenção de acidentes atendeu a ocorrência envolvendo o banhista vítima do afogamento 07/07/2012 às 19:24
Show 1
Banhistas precisam ficar atentos para evitar acidentes
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

Na manhã deste sábado (7), por volta das 6h, um homem identificado como Bruno Ferreira de Moraes, 24 anos, morreu afogado na praia da Ponta Negra, localizada na Zona Oeste de Manaus. Testemunhas disseram que o avistaram entrando na água e ao mergulhar teria se afogado.

Conforme o Corpo de Bombeiros, uma guarnição de salva vidas que chegava ao local para fazer os trabalhos de prevenção de acidentes atendeu a ocorrência envolvendo o banhista vítima do afogamento.  

A mãe da vítima, que não teve o nome revelado, informou à guarnição que o filho dela era portador de epilepsia (conjunto comum e diversificado de desordens crônicas neurológicas caracterizadas por convulsão).

O tenente do CB, João Filho, disse que a vítima era moradora do Bairro Adrianópolis, Zona Sul de Manaus e, que, de acordo com as informações passadas pela família aos Bombeiros, o rapaz estaria comemorando a passagem do seu aniversário.

“Ele (Bruno) estaria aniversariando. Os amigos informaram que ele se distanciou, caiu na água e sumiu. Foi quando a nossa equipe de prevenção de acidentes iniciou as buscas e encontrou o corpo da vítima a dois metros da orla, por volta das 8h. O corpo foi levado para o Pelotão Fluvial e de lá encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Há indícios de que a vítima estaria alcoolizada. A família acredita que a causa da morte foi o ataque epiléptico”, relatou o tenente. “O laudo do IML deve identificar o que levou ao óbito”, completou.

João filho disse ainda que as ações de prevenção de acidentes são intensificadas em Manaus. “A nossa preocupação é intensificar as campanhas na capital, principalmente na praia da Ponta Negra que vem recebendo grande número de pessoas”, afirmou. “Nós estamos com uma equipe de dez pessoas na Ponta Negra e duas lanchas na água, próximo da orla”, completou.