Publicidade
Manaus
Cotidiano, Invasão, área verde, Semmas

Homem tenta ocupar área verde, na Zona Centro-Oeste de Manaus

Invasor chegou a instalar uma cerca de proteção em uma área verde do conjunto Campos Elíseos, além de lotear o terreno com um irmão 26/04/2012 às 12:28
Show 1
Cercas foram retiradas do local e invasor foi notificado
acritica.com Manaus

O início de um processo de loteamento irregular na área verde do Conjunto Campos Elíseos, localizado no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste de Manaus, foi impedido na tarde dessa quarta-feira (25), por uma equipe de fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

O invasor, um morador do bairro vizinho, Redenção, chegou a instalar no local uma cerca de proteção, feita de arame farpado, com aproximadamente 100 metros de extensão. Além de cercar a área, o invasor colocou também um portão e dividiu o lugar com um irmão.

A denúncia foi recebida no início da tarde e atendida de pronto pela equipe de fiscalização da secretaria.

A área verde fica na Rua Tripoli, esquina com a Rua Ancara.

Os moradores do conjunto informaram que pediram a ajuda da secretaria após constatarem que o local havia sido cercado. O homem era constantemente visto no local, mas nunca havia ameaçado invadir a área.

A Semmas notificou o invasor a fazer a retirada da cerca num prazo de 24 horas, sob pena de multa e demolição administrativa.

O fiscal Paulo Dias informou que, após a retirada, o local será monitorado pelo órgão.

Invasão de área verde e de área de preservação permanente (APP) é crime previsto no artigo 139, inciso 7, do Código Ambiental do Município.

A Semmas deverá retornar nesta quinta-feira (26) ao local para instalar uma nova placa identificando a área verde e informando o número para denúncias à secretaria (08000-92-2000).