Publicidade
Manaus
Manaus

Homologada licitação para projeto de construção da sede MP-AM; obra custará R$ 69 milhões

A previsão é que a obra seja executada em quatro anos, conforme informações do portal do órgão na internet 24/01/2013 às 16:27
Show 1
Hoje, o Ministério Público do Estado do Amazonas funciona na avenida Coronel Rodrigo Otávio, nas proximidades da Ponta Negra
acritica.com Manaus

A Laghi Engenharia Ltda apresentou o menor valor entre as participantes da licitação para a contratação do projeto de construção da nova sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), no Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus, a qual custará R$ 69 milhões. O processo foi homologado nesta quinta-feira (23/01). O preço global apresentado pela empresa foi R$ 1,5 milhão, aproximadamente. A previsão é que a obra seja executada em quatro anos, conforme informações do portal do órgão na internet.

O edital prevê a contratação de empresa especializada em arquitetura e engenharia, para prestação de serviços técnicos de elaboração de estudo preliminar, anteprojeto, projetos legais (quando necessário), projeto básico e projeto executivo, visando à construção de edificação para abrigar a nova sede do MP-AM.

Na semana passada, o Procurador Geral de Justiça, Francisco Cruz, esteve reunido com o Secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Afonso Lobo, e afirmou que este ano vai priorizar a construção da nova sede administrativa e institucional do MP-AM. "Saneamos os passivos existentes e chegou a hora de investir pra valer. Readquirimos a capacidade de crescimento e não podemos perder tempo", disse ele após o encontro.

O prédio deverá ser construído em um terreno de 10 mil metros quadrados, na região do bairro do Aleixo, adquirido com recursos próprios e acomodará todos os órgãos de execução e da administração do parquet amazonense.

Será dotado de garagem para membros e servidores, hall de serviços a comunidade, agência bancária, central de inquéritos, coordenadorias, central de transportes, restaurante, memorial, auditório, biblioteca, centro de convivência e toda a infraestrutura necessária para o bom funcionamento do MP-AM.

A obra visa alocar num só espaço as áreas administrativas, a sede das Promotorias e Procuradorias de Justiça na capital, os órgãos colegiados e o auditório para os eventos da instituição.