Publicidade
Manaus
Manaus

Hospital Universitário será demolido em Manaus

Quase todas as gerações de médicos amazonenses foram formadas no Hospital Universitário Getúlio Vargas, que será totalmente remodelado em 2013 12/12/2012 às 07:33
Show 1
Os dois prédios principais do complexo serão destruídos alternadamente a partir de segunda-feira
Florêncio Mesquita Manaus

O Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) começará a ser demolido na próxima segunda-feira (17) para a construção de um novo prédio após quase dois anos do anúncio da obra. A demolição começará no período da manhã, depois da solenidade, às 9h, de lançamento da pedra fundamental das novas instalações. O prédio será demolido em duas etapas.

A obra está orçada em R$ 85 milhões. Os recursos fazem parte Programa de Expansão e Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). As novas instalações serão construídas com conceito de modernidade para hospitais de grande porte e abrigarão 13 andares. Deste total, pelo menos, nove devem ser destinados ao atendimento e internação. A obra ficará pronta em 36 meses. O projeto prevê que a unidade seja o maior hospital universitário da Região Norte.

Segundo o vice-reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Hedinaldo Narciso Lima, apesar do início da obra, o atendimento aos pacientes não será interrompido. As salas de cirurgia, enfermaria, internação, além setor administrativo que funcionam na primeira torre que será demolida, serão transferidos para o prédio ao lado e que passou por adaptações para concentrar toda a demanda da unidade. Após a conclusão do primeiro prédio, haverá o processo inverso para a demolição e construção do outro.