Publicidade
Manaus
Manaus

Igreja católica inicia a Semana Santa em Manaus

Igreja Católica abriu no domingo (1º), com a missa do Domingo de Ramos, a celebração da última semana de Jesus na Terra 02/04/2012 às 08:01
Show 1
Missa do Domingo de Ramos lotou a catedral de Nossa Senhora da Conceição e durante toda a semana haverá celebrações pela última semana de Jesus
jornal a crítica Manaus

A Arquidiocese de Manaus abriu neste domingo (1º) a Semana Santa para os fiéis católicos com a tradicional Missa do Domingo de Ramos, que relembra para os cristãos a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, aclamado pelos judeus, antes de ser sacrificado e morto.

Duas missas foram realizadas na Igreja da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, no Centro, às 7h30 e às 18h, antecedidas pela procissão de ramos, onde participaram em cada uma delas cerca de 1 mil pessoas.

A programação desta semana inicia nesta segunda-feira (2) com celebração eucarística na Igreja Matriz, a partir das 19h; terça-feira, com missas às 12h e 18h; quarta-feira, às 12h e 18h; quinta-feira, missa às 9h30 e Cerimônia do Lava-pés, presidida por Dom Luiz Soares Vieira e a Celebração da Ceia do Senhor e Cerimônia do Lava-pés, às 18h.

Na sexta-feira Santa haverá Adoração Eucarística, de 7h às 9h, e Via Sacra, saindo da Catedral para o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na Praça 14, com a participação de Dom Luiz. Às 15h, acontece simultaneamente missa especial da Sexta da Paixão, no Santuário de Fátima, presidida por Dom Luiz e Novena da Divina Misericórdia, na Catedral Metropolitana.

Às 16h sai a Procissão do Senhor Morto, partindo do Santuário de N. Sra. de Fátima até a Catedral Metropolitana.

No Sábado santo haverá Meditação das Sete Dores de Maria Santíssima - 11h às 12h;  Novena da Divina Misericórdia, às 15h; Vigília Pascal, às 20h. No Domingo de Páscoa serão celebradas missas às 7h30min, 10h e 18h, também na Matriz.

A passagem de Ramos está descrita do Evangelho de Lucas (capítulo 19, 38) e Mateus (capítulo 21, 9). Com esse gesto, portando ramos durante a procissão, os cristãos de hoje manifestam sua fé em Jesus.

A Semana Santa é considerada a mais importante para os cristãos católicos, uma vez que representa a paixão, a morte e ressurreição de Jesus Cristo, numa demonstração de fé, religiosidade e devoção para os devotos católicos.

Catolicismo
A população católica oficial do Brasil representa 68,43% de 190 milhões de habitantes, segundo um estudo divulgado no ano passado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A redução do número de católicos no Brasil se acentuou nos últimos 30 anos, enquanto 88,96% dos brasileiros se declarou católico em 1980, essa porcentagem caiu para 83,34% em 1991 e para 73,89% em 2000.

Cristãos reforçam a crença
Para os católicos, a Semana Santa significa, a união da família e a renovação da fé. É o caso do técnico de enfermagem Sócrates Neves Farias, 66 anos.

“O perído da Páscoa já diz que é a confraternização dos fiéis e da família, porque simboliza a morte e ressurreição de Cristo.  Pela fé que tenho, vou à missa todos os domingos e congrego todos os anos a Semana Santa. Nasci em berço católico e vou morrer católico”.

O policial militar Manuel Rodrigues, 39 anos, disse que ir à missa de Ramos é algo sagrado. “É um momento de espiritualidade importante para pensarmos sobre a vinda de Cristo ao mundo”.

Para o vigilante Marcos Rogério, 37 anos, a Semana Santa é um momento para refletir as ações com o próximo e entrar em paz de espírito.

A dona de casa Girlene Xavier se considera evangélica, mas foi à missa para acompanhar o marido e os filhos. “A Semana Santa  é um período que devemos buscar a Deus, diante de um mundo cheio de tragédias e violência”, reforçou.