Publicidade
Manaus
MIAU

Igreja evangélica é flagrada fazendo ligação clandestina de energia elétrica em Manaus

O fornecimento do serviço foi suspenso e o responsável notificado a prestar esclarecimento. O prejuízo à distribuidora foi de R$ R$ 73.425,00 10/10/2017 às 16:18 - Atualizado em 10/10/2017 às 17:09
Show 687986
(Foto: Divulgação/Assessoria)
acritica.com

A Eletrobras Distribuição Amazonas divulgou na tarde desta terça-feira (10) informações sobre uma ação de fiscalização do órgão visando combater e coibir a prática de furto de energia. Um dos estabelecimento flagrados foi uma igreja evangélica localizada na rua Nova 1, bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. A operação ocorreu por meio de denúncia.

No ato da inspeção, foi constatado que a unidade consumidora encontrava-se sem medidor, auto religada à rede de baixa tensão da distribuidora, por um ramal trifásico, que fornecia energia ao imóvel de forma irregular. Após o procedimento de inspeção, foi realizada a suspensão do fornecimento de energia elétrica e o responsável foi notificado pela autoridade policial a prestar esclarecimento. O prejuízo à distribuidora foi de R$ R$ 73.425,00.

A operação contou com o apoio da Delegacia Especializada no Combate Ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e Perícia do Instituto de Criminalística (IC). A Eletrobras informou que o combate às perdas de energia só é possível com o envolvimento de toda a sociedade. O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171.

*Com informações da assessoria de comunicação