Publicidade
Manaus
CADÁVERES

IML confirma remoção de outros três corpos no Compaj

Com o encontro dos cadáveres, pode chegar a 59 o número de mortos no presídio. Entrada do presídio foi bloqueada por policiais militares 08/01/2017 às 11:28 - Atualizado em 08/01/2017 às 13:43
Show compaj
Entrada no presídio é bloqueada por policiais (Foto: Antônio Menezes)
Dani Brito Manaus (AM)

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado na manhã deste domingo (8) para remover outros três corpos nas proximidades do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Com o encontro dos cadáveres, 60 mortes foram contabilizadas desde o dia 1º de janeiro, quando um massacre no presídio deixou 56 mortos. Inicialmente, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) havia negado os casos.

O IML removeu os corpos por volta das 10h30. Segundo uma funcionária do instituto, os servidores foram acionados para ir ao local remover os corpos que estavam em estado de decomposição. 

A equipe de reportagem foi ao Compaj, porém a estrada que dá acesso ao presídio foi bloqueada por policiais militares. No local, a PM também negou as informações.

A SSP confirmou por volta das 13h deste domingo a existência dos corpos nas proximidades da unidade prisional. Segundo a secretaria, as equipes da Polícia Civil, Instituto de Criminalística e IML foram deslocadas para o local para fazer a retirada dos corpos.