Publicidade
Manaus
SEPULTAMENTO

IML libera corpo e bebê morto a facadas é enterrado em cemitério de Manaus

Funcionários do Instituto Médico Legal (IML) informaram que o corpo do menino de um mês foi liberado à família por volta das 13h 15/07/2017 às 19:10 - Atualizado em 15/07/2017 às 20:12
Show corpo 123
Foto: Reprodução/Internet
acritica.com Manaus (AM)

O corpo de Bryan Ferreira Pinheiro, bebê de um mês morto após ser atingido por dois golpes de faca, um no pescoço e outro no peito, foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) por volta das 13h. De acordo com funcionários do próprio órgão, após a liberação, o corpo da vítima seguiu diretamente ao sepultamento.

O Portal A Crítica foi em busca dos familiares de Bryan, mas em todos os endereços as casas estavam fechadas. Conhecidos de Aline Ferreira Pinheiro, de 29 anos, confirmaram que o corpo da criança havia sido liberado e seguido para o sepultamento. Eles acreditam que Bryan foi enterrado no cemitério Tarumã, localizado na Zona Oeste de Manaus.

Na tarde desta sábado (15), o suspeito de ter cometido o crime, o próprio pai da criança, Aldriano Gomes Tavares, de 24 anos, teve a prisão preventiva decretada durante Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch Reis, na Zona Sul de Manaus. Adriano deve seguir para uma das unidades prisionais da capital.

Aldriano foi preso na última sexta-feira (14) por policiais militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) como suspeito de ter matado o próprio filho de 1 mês, Bryan Ferreira Pinheiro, e esfaqueado a mãe da criança, Aline Ferreira Pinheiro, de 29 anos.

De acordo com familiares da vítima, durante o ataque contra a mãe, o homem ainda empurrou fortemente o outro filho, um menino de um ano, contra a parede.

Bryan foi morto com dois golpes de faca, um no pescoço e outro no peito. Ele chegou a ser socorrido e conduzido ao Hospital e Pronto-Socorro Joãozinho, na Zona Leste, mas não resistiu aos ferimentos.