Publicidade
Manaus
Manaus

Inclusão de crianças especiais em ação educativa

Crianças portadoras de necessidades especiais têm um dia de alegria e interação proporcionado por programa da Ufam 08/08/2012 às 07:50
Show 1
Nos corredores do parque, crianças visitaram exposição de quadros regionais
Jornal A Crítica Manaus

Proporcionar um dia de alegria e interação social a crianças que apresentam deficiência intelectual, física e disfunções de comportamento. Essa foi a ideia da primeira ação educativa com as crianças e adultos que participam das atividades promovidas pelo Programa de Atividade Motora para Deficientes da Universidade Federal do Amazonas(Proamde/Ufam), que atende 240 alunos entre crianças, adolescentes e adultos para promover atividades que ajudem no desenvolvimento e na melhoria de seu estado de saúde.

A atividade conta com o apoio do programa Transporta da Superintendência de Transportes Urbanos de Manaus (SMTU), programa social que realiza o deslocamento de pessoas com mobilidade reduzida e atende as entidades que trabalham com esse público. “Nós organizamos essas atividades para dar a oportunidade a essas crianças de visitarem locais como parques, teatros, tem uma turma que foi para os Povos da Amazônia. Muitas vezes essas crianças não têm essa oportunidade ou os pais não têm tempo para trazer os filhos e usufruir de um ambiente como esse”, disse a coordenadora pedagógica do Proamde, Romina Michilles.

Romina explica que essas atividades ajudam na socialização das crianças, no estímulo à prática motora, além de fazer bem ao sentimento de autoestima dos alunos. “Os alunos a partir de dois anos até idosos, com paralisia cerebral, autismo, vítimas de AVC, usuários de cadeira de roda com deficiência congenita são estimulados a prática da atividade motora. Temos um suporte pedagógico com o qual trabalhamos em benefício dos alunos. As turmas são dividadas por idade e por deficiência”, explicou a coordenadora.

Alegria de interagir

Ontem, foi a primeira vez que o pequeno Gabriel visitou a Cidade da Criança, localizada no antigo Horto Municipal, na avenida André Araújo, Aleixo, Zona Centro-Sul.

Aluno atendido pelo programa  de Atividade Motora para Deficientes da Universidade Federal do Amazonas (Proamde/Ufam), Gabriel é autista, disfunção que altera e afeta a capacidade de comunicação  e socialização do indivíduo. Mas, diante das novidades proporcionadas pelo ambiente, preparado para atender a criança, Gabriel consegue se relacionar com os amiguinhos e até aceita conversar com a reportagem. “Eu estou gostando porque brinco nos brinquedos, com meus amigos”, disse o aluno com o apoio da mãe, Riele Siqueira, que não sai de perto do filho

A mãe Rieile Siqueira sente-se feliz ao ver que seu filho está interagindo com os demais amigos. “Para meu filho, é uma atividade ótima, porque ele libera as energias, brinca com os amigos, faz atividades. Está ajudando bastante no desenvolvimento dele”, disse Rieile.