Publicidade
Manaus
Manaus

Inquérito Civil vai apurar deficiência nos serviços da OI em Beruri

Segundo a Promotora de Justiça Romina Carmen Carvalho, titular da Comarca, interrupções e defeitos na oferta do serviço da OI são constantes na cidade 21/09/2012 às 15:59
Show 1
A Promotora relata que a deficiência da telefonia da OI em Beruri causa, por vezes, o isolamento do município
acritica.com Manaus

A Promotoria de Justiça de Beruri, no interior do Amazonas, instaurou Inquérito Civil para apurar as causas da precária prestação de serviços de telefonia fixa e móvel oferecidos pela OI Telecomunicações no município, que fica a 173 km de Manaus. A instauração do procedimento tem base no Código de Defesa do Consumidor e na Lei 8.987/95, que determinam a adequada prestação do serviço pela concessionária.

Segundo a Promotora de Justiça Romina Carmen Carvalho, titular da Comarca, interrupções e defeitos na oferta do serviço da OI são constantes na cidade, com ocorrência em diversos horários e, algumas vezes, por um longo período. Dentre as irregularidades apontadas, estão problemas no envio e recebimento de dados e na promoção de acesso à Internet.

A Promotora relata que a deficiência da telefonia da OI em Beruri causa, por vezes, o isolamento do município, que fica sem comunicação. “A cidade de Beruri é de difícil acesso, e fica isolada quando as linhas telefônicas não funcionam. No início do mês, durante os festejos da tradicional Festa da Castanha, os serviços foram interrompidos”, argumentou.

Um ofício foi expedido à OI para que a empresa dê explicações sobre as constantes interrupções e a má prestação do serviço, bem como sobre o detalhamento e os prazos das providências a serem tomadas para solucionar a questão.

Com informações da assessoria.