Publicidade
Manaus
CENTRO DE MANAUS

Instituto Amazônia lança projeto para requalificar Centro Histórico de Manaus

O instituto já realiza projeto de requalificação urbana do Marco Zero de Manaus e pretende reforçar as ações para fomentar a Economia Criativa 23/08/2017 às 09:19
Show dfs
(Foto: Divulgação/Assessoria)
acritica.com Manaus (AM)

O Instituto Amazônia lança no mês de setembro um Pacote de Ações no âmbito da Economia Criativa como parte do Projeto de Requalificação do Centro Histórico de Manaus. O instituto já realiza um importante projeto de requalificação urbana do Marco Zero de Manaus, e pretende reforçar as ações para fomentar a Economia Criativa na capital amazonense, promovendo capacitações, orientações e acompanhamento para empreendedores criativos.

Entre as ações estarão o lançamento de um Programa de Desenvolvimento pró Economia Criativa, uma Loja Colaborativa para venda de produtos e serviços de empreendedores da Feira do Paço, além do Selo Uirapuru para valorizar artistas locais da Música e ainda o Projeto de Voluntariado para atrair interessados em contribuir para a requalificação do Centro Histórico nos mais diversos setores. Como parte das atividades programadas para o período está ainda a próxima edição da Feira do Paço, que ocorrerá no dia 10 de setembro, com mais de 100 expositores no Paço Municipal de Manaus.

Neste contexto, o Instituto Amazônia faz um balanço positivo e parabeniza a Prefeitura de Manaus pela realização da última edição do Passo a Paço e pela inserção do órgão municipal não só na programação de eventos no Marco Zero mas também no beneficiamento da região como ocorrido no último Passo a Paço com a manutenção de vias, tapa buracos, manutenção da iluminação na Praça D. Pedro II e seu entorno e demais ações complementares, local onde o Instituto Amazônia realiza o projeto de requalificação urbana. A ação desenvolvida reúne economia criativa, desenvolvimento social e a revitalização de um espaço histórico com grandes potenciais econômicos e culturais.

“Um evento de grande repercussão e valorização sócio-econômica, cultural e de ocupação do Paço Municipal e entorno é a Feira do Paço que promove geração de renda e oportunidades para empreendedores criativos de diversas áreas. Saldos positivos realizados pela Feira do Paço foram continuados e ampliados pela Prefeitura de Manaus por meio do Passo a Paço, o qual trouxe retorno não só financeiro para comunitários do local, mas também social”, afirmou o Gestor de Cultura e Economia Criativa do Instituto Amazônia, Beto Contartesi.

Feira do Paço

A já tradicional Feira do Paço completa um ano de atividades no mês de setembro. A implantação do projeto segue uma tendência mundial que busca renovação urbana e maior crescimento econômico, além da promoção de consciência sobre a importância do cuidado e manutenção de áreas históricas. “A economia criativa, através da criatividade humana, é rentável mesmo que seja prestando serviço para a economia tradicional. Ela é a economia do futuro porque é formatada num cenário de escassez de manufatura e caracteriza-se por uma economia comportamental e independe da crise econômica e financeira”, destacou.

*Com informações da assessoria de comunicação.