Publicidade
Manaus
Manaus

Interior do AM recebe visita de políticos nesta sexta-feira (20)

Doze parlamentares integram a comitiva do governador do Estado Omar Aziz (PSD), que vai visitar, a partir desta sexta-feira (20), oito municípios 20/04/2012 às 07:59
Show 1
A partir desta sexta-feira (20), o governador Omar Aziz (PSD) e o senador Eduardo Braga (PMDB) iniciam visita ao interior do AM, 16 meses após o início do mandato.
LÚCIO PINHEIRO Manaus

O governador Omar Aziz (PSD) demorou um ano e quatro meses para cumprir agenda de trabalho no interior do Estado com o principal cabo eleitoral dele: o ex-governador e hoje senador Eduardo Braga (PMDB). O roteiro da viagem que eles iniciam hoje inclui municípios contemplados por uma enxurrada de obras liberadas às vésperas da campanha eleitoral de 2010, que apresentam atraso de quase dois anos. Passa também por cidades prejudicadas pelo atraso do Governo Estadual na construção de terminais hidroviários.

Os municípios que serão visitados por Omar e Braga são: Boca do Acre, no rio Purus, Ipixuna, Guajará, Envira, Eirunepé, Itamarati, Carauari e Juruá, na região do rio Juruá. Pelo menos 12 parlamentares da bancada federal do Amazonas e da Assembleia Legislativa do Estado irão à reboque do governador e do senador nos dois dias de viagem.

Oficialmente, a comitiva vai aos oito municípios para levar ajuda humanitária às populações atingidas pela cheia. Mas o governador terá a oportunidade de ver de perto que os convênios que turbinaram sua candidatura em 2010 ainda não foram concluídos. As obras, em sua maioria no sistema viário, foram liberadas pelo Governo Estadual por meio da Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama).

Os municípios a serem visitados têm 160,707 mil habitantes e representam 4,54% do total da população do Amazonas.

Desde os meses de maio e junho de 2010, os Municípios de Eirunepé, Itamarati, Carauari e Juruá aguardam pela conclusão de serviços de recuperação de ruas, aeroporto e construção de centro de convivência. De acordo com informações do Sistema Integrado de Controle e Gestão de Obras Públicas (Sicop), acessado por meio do site www.sicop.am.gov.br, os contratos já foram prorrogados em até 690 dias (um ano e 11 meses).

Ao passar por Guajará, Ipixuna, Eirunepé e Itamarati, Omar e Braga terão a oportunidade de descobrir o que está emperrando a conclusão dos terminais hidroviários daqueles municípios. O prazo dos contratos iniciou em março de 2010. A previsão de entrega das obras era de um ano.

Em Envira, a população cobra a conclusão de um hospital que está há uma década em construção. O último convênio para tocar o serviço foi firmado em março de 2006. Mas expirou após desentendimento entre o Governo e a prefeitura. A mesma cobrança cabe em Itamarati, onde, segundo o Sicop, os moradores aguardam desde maio de 2010 a reforma geral do hospital.

Caciques dividem comando

Com a criação do PSD, em 2011, o governador Omar Aziz e o senador Eduardo Braga racharam o comando das prefeituras no interior do Estado. O PMDB, de Braga, comanda 23, e o PSD, de Omar, 16.

A dificuldade para emplacar um grande projeto com a marca de sua administração forçou Omar Aziz a passar o primeiro ano do mandato conquistado nas urnas sob a sombra das dívidas e das obras deixadas pelo seu antecessor, Eduardo Braga.

Incomodado com a situação, em dezembro de 2011, o governador admitiu que o seu time de assessores, também herdado da administração Braga, tinha problemas de gestão. “Eu não estou irritado. Eu quero é que o Governo comece”, declarou Omar.

Na viagem que inicia nesta sexta-feira (20), Omar Aziz também colocará à prova o cumprimento da promessa de não interferir nas eleições municipais no interior. Em 2010, com o apoio do prefeito Manoel Hélio Alves (PMDB), o Município de Guajará deu ao governador a maior votação proporcional do Estado. Foram 3.008 votos, que representa 94,06% do total de eleitores.

Entrega de R$ 400 para ribeirinhos