Publicidade
Manaus
Manaus

Internautas do acritica.com votam pela exoneração do 'Quinteto Fantástico' da Polícia Civil do Amazonas

Enquete promovida pelo portal acritica.com revela que os internautas querem punição ao quinteto e ao delegado-geral 08/05/2012 às 12:58
Show 1
Quinteto Fantástico
acritica.com ---

A exoneração dos cinco candidatos nomeados delegados da Polícia Civil sem comprovada aprovação no concurso público. Essa foi a medida defendida pela maioria dos internautas que votaram na enquete promovida pelo portal acritica.com, sobre o a nomeação supostamente fraudulenta do 'Quinteto Fantástico' na Polícia Civil.

Para 66,2% dos internautas que participaram da enquete - que somavam 1137 votos até o fim da manhã desta terça-feira - o governador Omar Aziz deve exonerar imediatamente os cinco candidatos: Caio César Nunes, filho do delegado-geral, Herbert Lopes, irmão do desembargador e presidente do TRE Flávio Pascarelli, Thomaz Vasconcellos, secretário-executivo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), Indra Celani Leal e Laura Câmara, prima do deputado federal Silas Câmara e do ex-comandante-geral da Polícia Militar (PM), Dan Câmara.

A segunda opção mais votada pelos internautas propõe a exoneração do próprio delegado-geral, que seria o responsável pela suposta fraude no ato de nomeação desses cinco candidatos. Foram 422 votos, o que corresponde a 24,6% do total de 1.717 votos de internautas.

Aguardar uma decisão judicial para, só depois, decidir se exonera ou não os servidores foi a medida defendida por apenas 7% dos votos de internautas - 121 -, que acreditam que o governador Omar Aziz deve esperar um posicionamento da Justiça, antes de decidir se exonera ou não o grupo. 

O menor número de votos - apenas 37 - defende a manutenção do quinteto no cargo de delegado com a condição de que eles sejam encaminhados para as delegacias do interior, onde há déficit de profissionais. Essa alternativa recebeu apenas 2,2% dos votos.

Os internautas do portal acritica.com também vêm criticando a nomeação supostamente fraudulenta que teria favorecido os cinco "iluminados". Na primeira reportagem veiculada pela TV A Crítica, Jornal A Crítica e pelo portal acritica.com, mais de 189 pessoas deixaram comentários e denúncias, a maioria reprovando a atitude tomada pelo delegado-geral.

Mas a Procuradoria Geral do Estado (PGE) também foi alvo de críticas dos internautas. É o caso de George Fernandes, que na manhã desta terça-feira criticou a atuação da PGE no caso. O internauta convida a todos para "uma rodada de pizza com coca-cola no refeitório da PGE". E justifica: "Isto é Brasil, o país da corrupção".