Publicidade
Manaus
Trânsito on line

Internet é opção para manauense encontrar alternativas no trânsito da cidade

Volta às aulas de universidades, fim de recessos e período de chuva marcaram a " volta à normalidade" nessa segunda-feira (27). Saída está na internet 28/02/2012 às 09:27
Show 1
Djalma Batista é um dos gargalos do trânsito em Manaus; avisos sobre retenção no tráfego nas duas vias são constantes, principalmente na hora do rush
Ana Celia Ossame Manaus

O período de chuvas mais intenso, início das aulas em toda as esferas, inclusive da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), neste final de fevereiro, respondem por um trânsito cada vez mais lento na capital, principalmente em vias próximas ao Complexo Gilberto Mestrinho, na bola do Coroado, Zona Leste, onde, nos horários de rush, passam cerca de sete mil veículos.

 E não dá para ser diferente. Com uma frota estimada em 542,6 mil veículos, a cidade fica totalmente paralisada nos horários de rush e, além de ter paciência, o condutor deve sair mais cedo de casa, como orienta o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), que disponibiliza duas ferramentas na Internet para orientar os motoristas sobre quais vias encontram-se engarrafadas, livres ou com registro de acidentes de trânsito. As ferramentas, que são as páginas do twitter (@Manaustrans) e facebook (Manaustrans Trânsito) do órgão.

O professor Cláudio Melo, 40, morador do bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, é um usuário do serviço on line. Ele se desloca todos os dias para a Ufam, pela manhã, onde faz especialização. “Eu achava que conseguiria fazer o trajeto em 30 minutos, mas passei mais de uma hora e perdi meu horário de aula”, contou ele. Segundo o professor, se sair do Dom Pedro pela Pedro Teixeira foi difícil, maior retenção ainda encontrou na Efigênio Salles, segundo ele. Ele já sabia que teria que fazer o retorno para a Ufam mais à frente, próximo a um supermercado, porque o de frente à instituição de ensino federal estava fechado. “Isso foi bom porque não tentei parar antes”, argumentou.

Serviços

Nas páginas do Manaustrans no Twitter e Facebook a informação do fechamento do retorno constava às 7h56.

As informações são seguras porque vêm das câmeras do Centro de Controle de Operações (CCO), além de agentes e supervisores do Manaustrans que percorrem a cidade e por meio de aparelhos de telefonia celular, passando as atualizações em tempo real. Além disso, em caso de acidentes, podem agir ou acionar equipes para buscar a solução de problemas de retenção ou de acidentes.

Mas além dessas opções, os motoristas e pedestres são fontes de informações muito utilizadas pelo órgão municipal. A única e principal recomendação é consultar as páginas da Internet antes de sair de casa, se estiver no veículo parado, não deixando para fazer isso durante o trajeto, Isso porque, mesmo podendo obter uma informação importante de um trecho interditado, por exemplo, o motorista corre o sério risco de levar uma multa no valor de R$ 85,13, além de perder quatro pontos na carteira por dirigir utilizando aparelho celular, uma infração considera média pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB).