Publicidade
Manaus
Dinheiro, Economia, Títulos do Tesouro Nacional, investimentos

Investimento em Títulos do Tesouro Nacional se mostra vantajoso

Governo tenta resgatar popularidade dos Títulos do Tesouro Nacional zerando a taxa de negociação, mas outras despesas ainda podem anular a rentabilidade desses papéis 05/01/2013 às 17:54
Show 1
Apesar de simples, ainda há muito desconhecimento sobre aplicações em títulos do Tesouro Nacional
acritica.com Manaus

O Governo zerou a taxa de negociação para operações de compra de títulos do Tesouro Direto. Como a taxa era de apenas 0,1%, muitos investidores deram de ombros e ainda não consideram essa aplicação.

No entanto, em época de juros baixos e volatilidade na bolsa, a queda da taxa tem um impacto relevante. Investir em títulos do tesouro ficou, desde o último dia 2, mais vantajoso que deixar o dinheiro na poupança, por exemplo.

Uma taxa de apenas 0,1% pode não parecer muita coisa, mas fará muita diferença de acordo com o valor aplicado. Quem avalia é o economista Rodemarck Castelo Branco. “Depende do volume investido. Se a aplicação é de grandes valores, fica ainda mais vantajoso”, explica.

No caso de pequenas quantias, a diferença não é tão significativa, mas a vantagem do Tesouro Direto sobre aplicações como poupança e fundos de renda fixa fica evidente nas simulações do Tesouro Nacional. Com a medida do Governo, a aplicação ficou, em média, 16% mais rentável que a poupança.

*A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa