Publicidade
Manaus
Cotidiano, Meio Ambiente, Semana do Meio Ambiente, Museu da Amazônia, Mudas

Jardim Botânico de Manaus realiza várias atividades na Semana do Meio Ambiente

Visitantes da Reserva Ducke vão poder filmar, com celulares ou máquinas, tudo o que acharem interessante da fauna e da flora do lugar 31/05/2012 às 17:40
Show 1
Reserva Adolpho Ducke reúne grande concentração de espécies de uma mesma família de árvores
acritica.com Manaus

A doação de mudas e a realização de oficinas de artes e jogos infantis são algumas das atividades que serão desenvolvidas pelo Museu da Amazônia (Musa), durante a Semana do Meio Ambiente, no Jardim Botânico Adolpho Ducke, localizado no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus.    

Durante as próximas três semanas, o Verde Perto, que é um programa de educação não formal dirigido às crianças das vizinhanças do Jardim Botânico de Manaus, desenvolverá atividades lúdicas, através das quais serão repassados conhecimentos científicos sobre o mundo da floresta. Para esta quarta edição, foram convidadas as escolas municipais Raul Veiga e Ivone Maria, do bairro Cidade de Deus.

A novidade da semana do meio ambiente fica por conta da mais nova atividade programada: “O que vi no Jardim”.

Visitantes vão poder filmar, com seus celulares ou máquinas fotográficas, tudo o que acharem interessante da fauna e da flora do JB e, depois, enviar o que registraram: podem ser insetos, plantas, pássaros, etc. As filmagens não deverão ultrapassar 40 segundos e serão exibidas durante toda a semana do meio ambiente aos visitantes, ficando depois disponíveis no site do Musa.

Mudas
Há quase um mês, o Musa iniciou o agendamento para doação de mudas de espécies arbóreas destinadas a instituições interessadas em realizar campanhas de arborização, durante a Semana do Meio Ambiente. Mais de mil mudas já foram doadas.

As mudas foram produzidas no projeto coordenado pelo Musa, com apoio do CNPq, realizado no bairro Puraquequara, na Zona Leste de Manaus, que visa a produção de mudas de espécies nativas como alternativa de renda para produtores rurais.

As espécies arbóreas destinadas à doação são cafeirana, cedrinho, fava, acariquara, vagem-vermelha, paxiúba, copaíba, dentre outras das famílias das fabáceas, sapotáceas, apocináceas, entre outras.

As mudas foram entregues para a ONG Jardinagem Libertária; Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas; Escola do SESC; Centro de Educação José Roberto Tadros; IDESAN; Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas, dentre outras instituições agendadas. Foram entregues, no máximo, 200 mudas por instituição.