Publicidade
Manaus
Manaus

Jovem Cidadão encerra o ano com atendimento de mais de 107 mil estudantes

O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 17 de dezembro, durante a celebração de encerramento das atividades do Jovem Cidadão em 2012, realizada no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, zona norte de Manaus 18/12/2012 às 19:39
Show 1
Governo divulga levantamento do programa Jovem Cidadão
acritica.com Manaus

Mais de 107 mil estudantes da rede pública de ensino participaram de atividades socioeducativas oferecidas no Jovem Cidadão, projeto do Governo do Estado desenvolvido em conjunto pelas Secretarias de Assistência Social e Cidadania (Seas), de Juventude Desporto e Lazer (Sejel), e de Cultura, além do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).
 
O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 17 de dezembro, durante a celebração de encerramento das atividades do Jovem Cidadão em 2012, realizada no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, zona norte de Manaus. Foi divulgada ainda uma pesquisa de satisfação realizada pela Seas nas escolas e comunidades onde o projeto está implantado. Segundo a pesquisa, mais de 90% da população aprova o Jovem Cidadão.

“Descobrir e desenvolver talentos na escola são apostas do Jovem Cidadão para afastar adolescentes do Amazonas da violência e de outras situações de risco social. Quem participa do Jovem Cidadão tem acesso a mais de 26 cursos profissionalizantes e de formação artística e esportiva. Oportunidades que preparam os jovens para o mercado de trabalho e também abrem novos caminhos para o futuro”, disse a secretária da Seas, Regina Fernandes .
 
Desde 2007, ano de implantação do Jovem Cidadão, o número de beneficiados em atividades socioeducativas saltou de 3 mil alunos e quatro escolas estaduais de Manaus, para 107.229 estudantes e 283 escolas da capital e interior.
 
A pesquisa de satisfação sondou no âmbito da escola e comunidade a mudança de comportamento e frequência escolar de jovens de 12 a 20 anos (faixa etária atendida pelo projeto). Conforme a coordenadora pedagógica do Jovem Cidadão, Cassandra Sales, os números foram satisfatórios. “É muito bom perceber que o redirecionamento do tempo ocioso desses jovens para ações educativas mudou a concepção de vida e, com isso, o comportamento deles”, avaliou.
 
O estudante Wieldson da Costa, 17, reconhece que ocupar o tempo que ele não estava na escola praticando esporte e fazendo cursos profissionalizantes o tirou, inclusive, do mundo das drogas. “Com o fato de eu ser muito novo os mais velhos me manipulavam. Eu achava legal como eles se comportavam e copiava o comportamento deles. Mas, depois de ser orientado no projeto Jovem Cidadão, eu percebi que o mundo valoriza pessoas decentes, que estudam e trabalham”, disse Wieldson.
 
Além de Manaus, o Jovem Cidadão atende atualmente quinze municípios do interior, tais como Maués, Tefé, Parintins, Benjamin Constant, Tabatinga, Atalaia do Norte, Itacoatiara, Boca do Acre, Carauari, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, Manicoré, Borba, Lábrea e Barreirinha.
 

Com informações da assessoria.