Publicidade
Manaus
Levantamento Semsa

Levantamento de infestação pela Dengue feito pela Prefeitura mostra que índice é de médio risco em Manaus

Infestação da dengue é de 3,4%, índice baixou 1% em relação ao mesmo período de 2011 , mas ainda considerado de médio risco na cidade 24/01/2012 às 08:14
Show 1
As ações da operação de " Combate à Dengue" serão intensificadas nas áreas onde o LIRAa registra maior presença do Aedes aegypti
Jornal A Crítica Manaus

O primeiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) deste ano, realizado pela Prefeitura de Manaus, de 9 a 20 deste mês, mostra que o índice de infestação pelo mosquito da dengue na cidade está em 3,4%. O número é considerado de médio risco para ocorrência de casos da doença. O acúmulo de lixo doméstico (entulhos em fundo de quintal) aparece como o principal fator de proliferação do mosquito. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), nessa segunda-feira(23).

É nessa época do ano que se inicia o período de maior proliferação do mosquito transmissor da dengue, por causa da alta incidência de chuvas.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, destaca que o índice de infestação apurado no LIRAa deste mês ficou abaixo do registrado no mesmo período do ano passado, que havia fechado em 4,4%, apontando para alto risco de ocorrência de casos de dengue. Ele reforçou a recomendação para que a população se mantenha em alerta e adote as medidas de prevenção contra a doença, ressaltando que, neste período do ano, por suas características climáticas, é necessário ter cuidado redobrado no ambiente doméstico.

 “É preciso evitar o acúmulo de lixo no quintal, pois este tipo de entulho, formado muitas vezes por carcaças de eletrodomésticos, latas, garrafas e outros utensílios descartados, funciona como depósito de água limpa da chuva, onde a larva do Aedes aegypti se reproduz com facilidade, bastando um dia de sol”, disse Deodato.

O secretário de Saúde salientou que uma das frentes da “Operação Impacto de Combate à Dengue”, que a Prefeitura de Manaus vem executando desde o final de outubro do ano passado, são os mutirões de limpeza nos bairros, realizados pelas equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana.

 Estes mutirões, que são realizados paralelamente à coleta normal do lixo doméstico, já recolheram 29 mil toneladas de entulho, segundo a Semulsp.

 Deodato anunciou que, já a partir desta semana, as ações da “Operação Impacto de Combate à Dengue” serão intensificadas nas áreas onde o LIRAa registra maior presença do Aedes aegypti. A Zona Leste da cidade mantém-se como a área de maior risco para ocorrência de casos da dengue, com destaque para os bairros Jorge Teixeira, Tancredo Neves, São José e Gilberto Mestrinho.