Publicidade
Manaus
Manaus

Lixo renderá R$ 2 bi em 30 anos

Semulsp publicou nesta sexta-feira (14) o edital da licitação que escolherá a futura gestora de resíduos sólidos de Manaus por meio de PPP 15/09/2012 às 14:36
Show 1
Edital prevê que vencedora da licitação encerrerá operação do aterro atual
Carolina Silva Manaus

O novo aterro sanitário de Manaus vai custar R$ 2 bilhões aos cofres públicos. Esse é o valor que a Prefeitura de Manaus vai pagar, em 30 anos, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), à empresa vencedora da licitação para a gestão de serviços de destinação final de resíduos sólidos, operação e encerramento do atual aterro do município, além da implantação e operação de uma Central de Tratamento de Resíduos.

O anteprojeto do edital de licitação previa um valor de quase R$ 7 bilhões. Há um mês que o projeto de PPP apresentado pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), previsto no valor de R$ 2.322.309.600,00, foi aprovado pelo Comitê Gestor de Parceria Público-Privada do Município de Manaus (CGP).

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).