Publicidade
Manaus
Manaus

Mais uma ‘Casinha da Família’ é invadida em Manaus

A denúncia foi feita, nessa terça-feira (14), um dia depois de A CRÍTICA revelar ocupação semelhante da UBSF localizada entre as ruas Paranavari e São Pedro, bairro Crespo, na Zona Sul 15/08/2012 às 08:08
Show 1
Três famílias aproveitaram a desativação da ‘casinha’ durante a enchente para ocupar o imóvel
Jornal A Crítica Manaus

Outra Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) abandonada, na rua Boa Sorte, no bairro Santo Antônio, Zona Oeste, próxima do igarapé do Franco, está sendo ocupada por famílias de sem tetos. A denúncia foi feita, nessa terça-feira (14), um dia depois de A CRÍTICA revelar ocupação semelhante da UBSF localizada entre as ruas Paranavari e São Pedro, bairro Crespo, na Zona Sul.

De acordo com vizinhos, três famílias estão há mais de três anos no local e recebem ajuda de pessoas do bairro. “Eu ocupei porque não tinha para onde ir com minha família. Então, uma conhecida me falou que havia um local abandonado, onde eu podia passar um tempo até que conseguisse uma solução de moradia”, disse a dona de casa Laudicéia de Souza Cruz, 40.

Ainda conforme as famílias, a UBS foi abandonada porque, no período de cheias, as águas do Igarapé do Franco alcançavam a calçada da Casinha e tornava o lugar insalubre para o atendimento à população. “Já veio um pessoal da prefeitura e disse que nós tínhamos de deixar o lugar, mas não sabemos o que fazer, é uma situação complicada”, desabafou Laudicéia.

As duas famílias possuem crianças e se ajudam mutuamente, quando uma precisa sair do local, que é cuidado por elas.

Já a família da dona de casa Tânia Maria de Oliveira da Silva, 33, continua ocupando a “Casinha da Família”, no Crespo, porque, segundo ela, era um lugar de bandidos. “Volto a repetir que não somos invasores”, disse Tânia Maria.