Publicidade
Manaus
Manaus

Manaus ganhará um centro 'novo' em 2013

Projeto de reestuturação do Porto da cidade prevê terminais flutuantes, passarelas climatizadas, entre outras coisas, para 2013 22/12/2012 às 17:16
Show 1
Em reunião com a diretoria de administração do Porto, a empresa responsável pelo projeto apresentou o balanço até agora
Nelson Brilhante Manaus

Vendo que um dos seus mais rentáveis navios vinha vertendo água, a comandante-mor da frota governamental brasileira, presidente Dilma Rousseff, decidiu estancar o vazamento, assumindo diretamente o comando dos Portos do Brasil. Por meio da Medida Provisória 595, de 6 de dezembro, ela tirou de cena o Ministério dos Transportes (MT) e, por tabela, todos que “bebiam na fonte”, criando a Secretaria Especial de Portos (SEP), canal direto com o Palácio do Planalto. E mais: mandou executar um projeto que vai mudar a cara de Manaus, desde a ponte de Educandos, Zona Sul, até o Cais das Torres, Centro, última estação do atual terminal de cargas de Manaus.

O objetivo é transformar a atual região da Manaus Moderna, no Centro, em um porto moderno, a partir de mudanças radicais.

O projeto orçado em R$ 90 milhões, a obra da primeira etapa, envolvendo o espaço atual, está em fase de execução e com data de conclusão para dezembro de 2013. “O Porto já está pronto para a Copa, o que faremos é melhorar o aspecto da casa para receber os visitantes”, garante o Comandante Wilson Cruz, administrador do Porto de Manaus.

Em função da Copa, a prioridade é o trecho entre o Cais do Roadway e o das Torres. Os dois flutuantes serão reformados, ampliados em 100 metros e terão passarelas panorâmicas totalmente climatizadas.

O cais das Torres, nome dado em alusão a quatro torres que sustentavam os teleféricos condutores de carga, será aberto ao público.

 (A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).