Publicidade
Manaus
Manaus

Manaustrans notifica 1,19 mil motociclistas por irregularidades

Maus hábitos, falta de utilização de equipamentos e passageiros transportados irregularmente também foram detectados durante a operação 19/03/2013 às 09:40
Show 1
Foto de motociclista puxando um cadeirante e fazendo retorno em local proibido é um dos absurdos flagrados por A CRÍTICA
Nelson Brilhante ---

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) divulgou, nesta segunda-feira (18), os últimos números da Operação “Moto Legal”, que tem o objetivo de reduzir as incidências envolvendo o transporte de duas rodas na capital. Nos últimos 12 meses foram feitas 6,8 mil abordagens, durante as operações realizadas nos finais de semana.

Nessas abordagens foram notificados 1.199 motociclistas por infrações de competência municipal, como a falta de utilização de equipamento de capacete e por transportar passageiros em desacordo com a legislação.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), crianças só podem ser transportadas em motocicletas se tiverem mais de sete anos de idade. O passageiro menor também deverá estar usando capacete de tamanho e recursos recomendados pelas autoridades de trânsito.

O número de apreensões (motos guinchadas) durante os últimos 12 meses atingiu 544 motocicletas. Os veículos foram removidos devido irregularidades referentes a emplacamento, licenciamento atrasado, falta de documento do veículo ou do motorista. As motos foram levadas para o parqueamento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

As infrações cometidas por condutores de motocicletas que são comuns às de condutores de carros recebem multas de valores iguais às destes. Entretanto, o valor do Seguro Obrigatório de moto é mais que o dobro do exigido para automóveis.

Problema revelado

Causou grande repercussão os números publicados na matéria de capa da edição de domingo de A CRÍTICA. De acordo com o presidente do Detran, Leonel Feitoza, a matéria funcionou como um alerta principalmente a quem dirige motocicleta em Manaus. “Foi de grande utilidade para a campanha de conscientização dos motoristas. No momento em que as pessoas sabem que em 2012 morreram 54 pessoas em acidentes de motos, não é possível que se sensibilizem e passem a respeitar mais as leis de trânsito. Eles precisam lembrar que motocicleta é um veículo”, declarou Feitoza.

De acordo com o presidente do Detra, somente nos primeiros 15 dias de março foram apreendidas 250 das 128.680 motocicletas que circulam pelas ruas de Manaus.