Publicidade
Manaus
Manaus

Marcha contra a corrupção ganha as ruas de Manaus

A programação faz parte do Fórum Estadual de Combate à Corrupção: Transparência de Recursos Públicos e Ficha Limpa Já. O fim do voto secreto, a constitucionalidade da FL, e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, marcaram as reivindicações 22/04/2012 às 01:16
Show 1
Manifestantes percorreram avenidade da cidade, a favor da "Ficha Limpa" e contra a impunidade
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

Com o lema “basta à corrupção”, um grupo de manifestantes entre estudantes, trabalhadores e não partidários saíram pelas ruas de Manaus, na tarde deste sábado (21), como parte do Fórum Estadual de Combate à Corrupção - Transparência de Recursos Públicos e Ficha Limpa Já. O ato foi realizado também em outras cidades brasileiras, neste feridado de Tiradentes. 

O fim do voto secreto, a constitucionalidade da FL, e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, marcaram as reivindicações. O movimento foi planejado pela rede social Facebook e reuniu cerca de 200 pessoas. Os manifestantes pretendem organizar outra passeata no dia 7 de setembro.

Os participantes, de caras pintadas de verde e amarelo, nariz de palhaço, mascarados, bandeiras do Brasil e faixas realizaram marcha contra a impunidade, pelas avenidas Constatino Nery, Darcy Vargas e Djalma Batista, bairro Chapada, Zona Centro-Sul. O movimento iniciou às 16h, com término por volta das 17h.

De acordo com um dos integrantes do protesto, o engenheiro Aldeney Gandra, 27, a ação é de grande importância para a sociedade em geral, pois, chama a atenção para a prática de corrupção no cenário da política nacional.

“O Brasil precisa neste momento de iniciativas como essa, temos recursos suficientes para serem investidos em diversas áreas, mas vivemos em um país sem transparência dos nossos recursos públicos, a ideia é pedir um basta à corrupção no país”, disse. “A classe trabalhadora, de estudantes, dos pais de famílias, estão representados aqui”, ressaltou Gandra.


Entre os manifestantes, vários estudantes aderiram ao protesto. (Foto: Clovis Miranda)

O estudante Pedro Augusto, 18, chegou cedo, acompanhado dos amigos, para participar da manifestação marcada por meio de rede social a favor da Lei da Ficha Limpa. O jovem vê a ocasião como oportuna para a apresentação de ideais. “Acho muito importante pra gente que é jovem cobrar das autoridades a nossa representatividade, nossas opiniões precisam ser levadas em conta”, declarou.

Para o vereador Hissa Abrahão (PPS), a realização do fórum é importante para resgatar um pouco dos princípios, e dos valores sociais. Ele acredita que a corrupção de elevados valores está diminuindo em virtude de um grau de transparência que começa a surgir.

“Estou aqui não como um político, mas como simples cidadão fazendo minha parte para tentar combater atos ilícitos, corrupção, qualquer tipo de atitude que prejudique a sociedade. É uma pena que apesar dos vários recursos que possibilita a transparência ainda assim consegue-se praticar maus hábitos”, declarou o parlamentar.

Os manifestantes pretendem organizar outra passeata no dia 7 de setembro.