Publicidade
Manaus
Manaus

"Maria Vitória", a bebê encontrada na rua, passa bem e investigações prosseguem

Na maternidade municipal Moura Tapajós, "Maria Vitória" continua em observação, e sem data para ter alta. Só depois disto é que a bebê será encaminhada para uma instituição para adoção. A polícia espera que as câmeras do Ciops possam ajudar nas investigações 29/03/2012 às 18:38
Show 1
Bebê encontrada na rua passa bem na maternidade
Marlen Lima ---

O delegado Rafael Alland, da Delegacia Especializada de Assistência e proteção à Criança e Adolescente (Depca) é quem está à frente das investigações sobre o bebê que foi encontrado na última quarta-feira (28), em frente à Fundação de  Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), localizada na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus.

O inquérito policial já foi instaurado, e o delegado solicitou exame de corpo de delito no bebê, para tanto uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) irá até a maternidade municipal Moura Tapajós, na Compensa, zona Oeste, onde a bebêzinha, que está sendo chamada de “Maria Vitória”, continua em observação, não apresentando nenhum problema de saúde.

A polícia também está solicitando informações das câmeras do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) para saber a movimentação nos dias 27 e 28 deste mês, próximo ao local onde a bebê foi encontrada, para ver se aparece alguém que tenha deixado a bebê na calçada do Hemoam. A Depca já encaminhou para o Instituto de Criminalista a mochila que a bebêzinha foi encontrada, para que seja feita a perícia.

Ainda não há data para que “Maria vitória” tenha alta da maternidade, mas, após isto aconteça, o Conselho Tutelar da zona Oeste, que cuida do caso e que está sob a coordenação do conselheiro Marivaldo Agostinho, pedirá a guia de recolhimento junto ao juizado da Infância e Juventude para que a bebê possa ser devidamente encaminhada para uma instituição para adoção.

Câmeras
O delegado Rafael Alland diz que possivelmente as câmeras da avenida Constantino Nery poderão ajudar nas investigações, "ofício ao Ciops já foi feito, e como tem muitas câmeras naquela avenida, algo pode aparecer, ou a mãe, ou alguém a pedido da mãe, mas, está tudo ainda muito prematuro afirmar. As investigações começaram hoje (28), o Boletim de Ocorrência já foi feito, com registro de incapaz, e vamos aguardar o andamento dos trabalhos”, declarou ele.