Publicidade
Manaus
Manaus

Mau cheiro no Complexo Turístico da Ponta Negra inibe comércio, lazer e turismo

Visitantes e permissionários que trabalham na área da Ponta Negra, convivem com o forte odor das estações de tratamento 27/01/2016 às 09:30
Show 1
Conforme as denúncias de permissionários e frequentadores da Ponta Negra, parte dos tanques que deveriam estar recebendo os dejetos dos banheiros, estão deslocados dos espaços adequados
Marcela Moraes Manaus (AM)

A Praia da Ponta Negra, localizada na Zona Oeste, sempre recebe muitos visitantes que encontram no local várias opções de lazer. No entanto, os visitantes e permissionários que trabalham no local, continuam sendo obrigados a conviver com o forte odor proveniente das estações de tratamento de efluentes, que ficam ao lado dos banheiros da praia.

Segundo os permissionários, quando chove a situação fica insuportável porque a água dos tanques transborda, deixando o esgoto a céu aberto, segundo a permissionária Priscila Pereira, 21. Ela disse ainda, que em um dos pontos, o tanque que deveria estar recebendo os dejetos do banheiro, está praticamente deslocado do local adequado.

 “A empresa que faz a limpeza da fossa deixou assim, desse jeito, com o tanque revirado. Na maioria das vezes eles só fazem a limpeza quando a imprensa divulga. A administração está ciente do problema, no entanto, não resolvem e, fica assim, com esse mau cheiro terrível e as pessoas que visitam a praia não ficam muito tempo, chegam e vão logo embora, e muitos dizem que não vão mais voltar”, relatou.

Ela ressalta que quando chove a situação fica bem pior, o esgoto transborda e muito e os dejetos invadem a pista “Fica horrível a situação tudo sujo, cheio de dejetos na pista. Depois da chuva os garis vem fazem a limpeza, e quando chove acontece de novo e ninguém resolve a situação em definitivo”, disse.

Por estar deteriorada, o odor que sai estação de esgoto incomoda banhistas na Ponta Negra. Débora Braga, 23, funcionária que trabalha em um dos banheiros afirma que esta é a principal reclamação das pessoas que usam o banheiro é o odor. “Aqui o banheiro está sempre limpo, as pessoas que vem aqui reclamam muito do mau cheiro que é forte, alguns até pensam que é daqui do banheiro, mas a gente mantém a limpeza do banheiro com frequência e elas acabam vendo que o odor vem de fora”, contou a funcionária.

Situação se repete

Conforme José Carlos Marinho, 52, membro da Cooperativa Dos Comerciantes da Ponta Negra (Coocpone), várias equipes de limpeza e fiscalização que estiveram no local, solucionam o problema temporariamente, mas logo a situação volta a se repetir. Na estação de esgoto, que fica próximo ao anfiteatro, quando chove o vazamento toma conta de parte do gramado, contribuindo para a disseminação do forte odor, incomodando os usuários na Ponta Negra.

“Eu me sinto envergonhado em atender as pessoas com esse forte mau cheiro. Isso afasta as pessoas que visitam a praia, e olha a imagem que passamos para os turistas que com frequência estão por aqui? Já vieram vários órgão de limpeza e fiscalização, eles veem batem foto, fazem anotações, mas não resolvem nada. A última vez que a água transbordou e ficou alagado, uma empresa veio e sugou a água, entretanto fica exalando esse mau cheiro. Só resolvem o trabalho temporariamente”, reforçou.

Implurb tem solução definitiva

Em nota, a assessoria de comunicação do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) informou que já tem uma solução definitiva para os problemas citados com as a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na Ponta Negra, o que incluí três ações.

A primeira é a reconstrução de partes danificadas das estações que foram vandalizadas e que sofreram danos com a grande cheia, que entornou os tanques. Segundo a manutenção dos sistemas de filtros e terceiro, o replantio das espécies que fazem filtragem orgânica dos efluentes.

O Implurb informou ainda que os serviços de manutenção e reparos são realizados com frequência nas estações, mas as três novas ações citadas vão reparar de vez o sistema, oferecendo melhor conforto aos usuários do balneário.

Blog: Eden Jhones Gomes, motorista, natural de Juruti/PA

"Estou de férias em Manaus  e a Ponta Negra é um dos pontos turísticos mais bonitos da capital.  Vim fazer um piquenique com a família; além do lazer eu venho também para admirar a paisagem e passear, mas é complicado se deparar com um descaso desses. As autoridades estão deixando a desejar, acredito que eles (órgãos responsáveis) teriam que olhar com delicadeza porque aqui nós podemos ver que é um problema sério que incomoda as pessoas, principalmente por se tratar de um ponto turístico que teve todo um investimento para a revitalização. A Ponta Negra ficou tão bonita, mas esses esgotos a céu aberto além de ser uma agressão ao meio ambiente, tem o risco dessa água trazer doenças para as pessoas, além de tudo também acaba prejudicando a imagem da praia."